Grupo Especial: Novo julgador de Enredo defende critério técnico para julgar quesito

 

 

Um dos novos julgadores escolhidos pela Liesa para o Carnaval 2014, André Luís da Silva Júnior, que vai julgar o quesito Enredo, conversou com o site CARNAVALESCO após a primeira reunião com os jurados de quatro quesitos entre a Liga e os representantes das 12 agremiações do Grupo Especial.

 

André Luís veio do corpo de jurados da Lierj e julgou o Carnaval 2013 na Série A. Ele é formado em Letras, tem 36 anos e possui mestrado que aborda a carnavalização da literatura. De acordo com o julgador, o quesito enredo não pode ser julgado de acordo com o gosto pessoal do jurado. – Não importa a qualidade do enredo, isso é subjetivo. O que temos de analisar é se foi bem apresentado na avenida. Eu já vi enredo de aparente fácil leitura se perder na avenida e outros de difícil compreensão em um primeiro momento se tornar simples no entendimento – salientou o julgador.

 

O professor não nota qualquer diferença entee julgar o Grupo de Acesso ou o Grupo Especial. – Na minha avaliação a responsabilidade é a mesma. Eu absorvi informações com os outros jurados do quesito. Acredito que seja o mesmo caminho – disse André Luís ao CARNAVALESCO.

 

O julgador é o único novato no quesito Enredo, que conta ainda com os avaliadores Johnny Soares, Mariza Maline e Pérsio Gomyde Brasil. – Eu soube essa semana que fui escolhido. Eu sou um admirador do carnaval e sempre acompanhei os desfiles – afirmou.

Comente: