Guilherme Gonçalves analisa a bateria da Grande Rio no desfile

Por Guilherme Gonçalves

grande-rio_desfile_2018_73Grande desfile da bateria da Acadêmicos do Grande Rio. Mesmo tendo a difícil missão de acompanhar um samba bastante “marcheado”, a “Invocada” de Caxias, comandada pelo mestre Thiago Diogo, teve um bom desempenho e está na luta por quatro notas máximas. Na frente da bateria mais um show das cuícas. Completando a frente da bateria muito bom os naipes de chocalhos e tamborins.

Marcações bem afinadas e muito bem tocadas. As terceiras com suingue facilitado este ano por um andamento um pouco mais lento que do ano passado. Caixas e repiniques firmes conduziram bem a bateria. Conjunto de bossas muito bom. Bem executadas e com “balanço”.

A triste nota da noite foi o som que prejudicou muito a “Invocada”, chegando a atravessar em frente ao primeiro módulo de jurados. Espero que de onde o jurado estava ele tenha tido a percepção que foi o som que atravessou e não a bateria, que seguiu firme mesmo ouvindo o som atrasado pelas caixas de som.

Um comentário em “Guilherme Gonçalves analisa a bateria da Grande Rio no desfile

Os comentários estão desativados.