Guilherme Gonçalves analisa a bateria da Mangueira no desfile

Por Guilherme Gonçalves

mangueira_desfile_2018_61Comandada pelos mestres Rodrigo Explosão e Vitor Art, a bateria da Estação de Primeira de Mangueira teve bom desempenho neste primeiro dia de desfiles. Com a sua tradicional afinação e uma pegada firme que é característica da escola manteve o andamento do início ao fim do desfile.

Destaco os naipes de caixas e repiniques que mantiveram a mesma “pegada” durante todo o desfile auxiliando os surdos de marcação e surdos-mór que também estiveram muito bem.

Na parte leve bateria bom rendimento das cuícas e ganzás. Tamborins com um bom desenho.

Bom conjunto de bossas. Bem encaixadas com o samba foram apresentadas com maestria durante todo o desfile.