Império da Tijuca 2016 – Parceria de Alipio Carmo

Compositores: Alipio Carmo, Guilherme Sá, Jorge TQ, Ismael David e Ferreti
Intérpretes: Leonardo Bessa e Bruno Ribas

ADEUS, MEU DOCE JUÁ.
DEIXO SAUDADE NA POEIRA DO TEU CHÃO.
O ARTISTA VAI AONDE O POVO ESTÁ,
COM A ALMA LIVRE PRA VOAR.
PARTIU CARAVANA DA ILUSÃO!
NA BAGAGEM O SONHO DE MENINO,
VIAJO NA ESTRADA ENLUARADA
PRA TER TANTOS DESTINOS.
BRINCAR, Ô, Ô, Ô
DE SER MOCINHO OU VILÃO
E PELOS PALCOS DA VIDA
CONTRACENAR COM A EMOÇÃO

VOU TE DAR UM BEIJO DE CINEMA.
O NOSSO AMOR É PRA TER FINAL FELIZ
SE FAZ UM DENGO, VAMOS ROUBAR A CENA,
QUE A PLATEIA APLAUDE E PEDE BIS.

QUALQUER DIA EU SEREI
UMA ESTRELA NA TELEVISÃO.
PODEREI VIVER O GALÃ DE UMA NOVELA.
NA TELA, SER O SANTO OU LADRÃO.
QUANDO ESTIVER EM CARTAZ,
BICHEIRO, PROFETA E MATADOR.
VOLTAREI DE OUTRO MUNDO
PARA DESFOLHAR A MINHA FLOR
UM SORRISO VAI SE ABRIR,
QUANDO A LÁGRIMA SECAR
TODOS VÃO ME APLAUDIR
AS CORTINAS NÃO VÃO SE FECHAR.

JÁ VAI CLAREAR O DIA
REVIVO EM FANTASIA, ETERNO FOLIÃO.
PRA DESFILAR NO IMPÉRIO DA ALEGRIA,
SOU MAIS UM ZÉ NESSA MULTIDÃO.