Império Serrano clama por ajuda de sambistas para concluir desfile de 2018

final_imperio_serrano_02102017-67De volta ao Grupo Especial depois de nove anos, o Império Serrano, assim como todas as agremiações, corre contra o tempo para conseguir concluir o projeto de seu carnaval e poder realizar um desfile à altura do Grupo Especial e das tradições de uma escola nove vezes campeã do carnaval.

Com recursos escassos a agremiação clama aos sambistas e admiradores de um dos mais importantes patrimônios culturais do Brasil a ajudarem a colocar o carnaval na rua. Em entrevista concedida ao site CARNAVALESCO, Fábio Ricardo desabafou e disse que qualquer serviço de trabalho voluntário será bem-vindo no barracão.

– Qualquer pessoa que puder vir ajudar de coração aberto será bem-vinda. Alunos da escola de Belas Artes sempre me procuram. Não posso oferecer muito, apenas um abraço de todo imperiano e o obrigado por poderem contribuir para o nosso carnaval na rua – disse.

Fábio Ricardo dá expediente o dia todo no barracão da escola, mas revela que esse não é o ano mais difícil de sua carreira, marcada nos últimos carnavais pela organização da Grande Rio. Ele conta que já fez carnaval em três semanas.

– Já fiz em carnaval em três semanas começando do nada. No meu último ano de Rocinha eu consegui colocar o carnaval na rua e surpreendi a todos. Sou reservado, quem me conhece de perto sabe. Sou muito mais do barracão que dos holofotes – conclui.