Independente repete ensaios anteriores, ‘assusta’ Anhembi e mostra estar pronta para o Grupo Especial

logo-300-250bA estreia da Independente Tricolor no Grupo Especial de São Paulo é cercada de expectativas. Primeiro pela meteórica ascensão da agremiação, que em 2010 desfilava apenas no grupo 4 da UESP e em menos de uma década está entre as principais escolas. Segundo por mais um ensaio técnico surpreendente da escola no Anhembi. Se repetir esse desempenho no desfile pode ficar na elite sem maiores sustos, já que no carnaval paulistano não é item regulamentar o rebaixamento de quem ascende do acesso.

Comissão de Frente e Mestre-Sala e Porta-Bandeira

A escola estava toda maquiada com tipos de filme de terror, mas a comissão passou apenas com camisas da escola, destoando de todo o grupo, também escondendo o jogo do que apresentará no desfile, somente marcando tempo e espaço. O casal Cley e Lenita brilhou no figurino. Totalmente caracterizados, não dava nem para visualizar os seus rostos. No que tange ao bailado, o fizeram com total correção.

Evolução

Impressiona o trabalho da escola, para quem jamais esteve na elite. Alas pulando e cantando todo o tempo. Tanto que há de segurar a empolgação, pois alguns componentes estavam invadindo alas à frente, sem que os diretores de harmonia percebessem.

Harmonia e Samba-Enredo

independente_ensaiotecnico_27012017img_5741-copyO samba da agremiação teve um bom rendimento no ensaio técnico, mas ainda de maneira irregular. Trechos da obra precisam ser mais bem trabalhados nos ensaios restantes antes do desfile, pois não estão sendo bem cantados. O destaque fica com o refrão principal que causou uma explosão em toda a escola.

Bateria

Os ritmistas ensaiaram totalmente caracterizados de monstros, com maquiagens de ferimentos, como nos filmes de terror. Incluindo os diretores e o mestre Klemen Gioz. Durante uma bossa no refrão principal fizeram grande festa erguendo os instrumentos.

Outros destaques

Uma escola de samba ao se preocupar em fazer de um simples ensaio técnico uma miniatura de um desfile demonstra preocupação com um público que nem sempre pode estar nos dias de desfile oficial. Merece aplausos essa postura da Independente Tricolor, em seu ano de estreia no Especial. A agremiação demonstrou robustez nos ensaios técnicos que realizou e a permanência pode não ser uma surpresa para quem acompanha o pré-carnaval da escola.