Inocentes de Belford Roxo vai encomendar samba para Claudio Russo e André Diniz

sorteio_serie_a_2018_49A Inocentes de Belford Roxo também seguirá o exemplo que vem dando certo na Renascer de Jacarepaguá e encomendará o seu samba-enredo para o Carnaval de 2018. Segundo o presidente Reginaldo Gomes explicou para o site CARNAVALESCO, a escola deve apresentar a obra sobre o enredo “Moju, Magé, Mojuba – sinfonias e batuques”, uma homenagem ao município de Magé, entre o fim de junho e o início de julho.

– Devido a um problema em nossa quadra, não teremos disputa de samba. Encomendamos um samba com os compositores Andrá Diniz e Claudio Russo e apresentaremos entre o final de junho e inicio de julho – revelou.

Sobre o resultado de 2017, o dirigente mostrou que ainda não aceita ter terminado na nona colocação.

– Prefiro não comentar sobre o Carnaval 2017, pois tem algumas notas que trazem um desconforto para todo mundo. Espero apenas um resultado melhor no ano que vem – frisou.

O carnavalesco Wagner Gonçalves nega que seu enredo seja apenas sobre o município de Magé. O artista diz que apresentará um desfile de muito conteúdo cultural.

– Ainda não terminei de escrever a sinopse e quero guardar a surpresa mais pra frente, mas nosso enredo é muito rico, com uma parte histórica muito visceral, muito importante para o nosso pais, na formação do estado da Guanabara. Nosso enredo não será CEP. Será um enredo de cunho cultural, rico, luxuoso e com certeza faremos com ele um grande carnaval.