Interação entre comissão de frente e casal dá o Estrela do Carnaval para Imperatriz Leopoldinense

imperatriz_desfile_2018_09-7A Imperatriz Leopoldinense não conseguiu voltar no sábado das campeãs. Entretanto, a interação do ex-casal de mestre-sala e porta-bandeira Chiquinho e Maria Helena presentes na comissão de frente com o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Thiago Mendonça e Rafaela Theodoro, foi o momento ápice do desfile e levou muita emoção para a Sapucaí durante a passagem da escola de Ramos. O ato foi eleito pelo júri do Estrela do Carnaval para o prêmio de Originalidade do ano.

– Um dos momentos mais bonitos do carnaval 2018 foi justamente a interação entre Chiquinho e Maria Helena, um dos maiores casais da história do carnaval, com um casal jovem, mas que já está consolidado, que é o Thiago e a Rafaela, que já deram nota máxima dois anos consecutivos. Foi um momento lindo, marcante e coroou um belo trabalho feito pela comissão de frente e pelo casal. A conquista do prêmio emocionou a todos nós da escola, deixando todo mundo muito feliz e contente com o Estrela do Carnaval – destaca o diretor geral de harmonia Junior Escafura.

banner_estrela2018

imperatriz_desfile_2018_09-10Uma comissão com indumentária oponente, relembrando momentos históricos da verde e branco. A Imperatriz trouxe plumas e exuberância, com o casal de mestre-sala e porta-bandeira Chiquinho e Maria Helena. Eles evoluíram em uma comissão com sincronia, coreografia bem executada, e o ponto alto quando surgiu o pavilhão da Imperatriz para o casal evoluir. O nome da escola apareceu nas capas dos componentes, o grupo representava “A nobreza dos pássaros em cortejo para o rei e rainha”. Ao final, o casal consagrado na verde e branco de Ramos dava lugar aos jovens defensores Thiago Mendonça e Rafaela Theodoro. Assinando a comissão de frente da Imperatriz Leopoldinense nos dois últimos carnavais, a coreógrafa Claudia Motta foi a grande responsável pela concepção da comissão de frente e conversou com o site CARNAVALESCO:

– Foi maravilhoso receber esse prêmio bem diferenciado por um motivo de uma interação de um casal relicário da Imperatriz com um casal da nova geração. Fizemos com que o passado da escola trouxesse o presente para se apresentar na Avenida. Estou feliz por poder levar esse momento histórico para a Sapucaí. Muitos disseram que foi a imagem do carnaval e eu fico muito orgulhosa por isso. Foi um trabalho que eu fiquei muito feliz de executar justamente num momento em que as comissões de frente invadem o século XXI. Sou a favor do que é coerente com o enredo, seja futurista ou clássica. Foi uma proposta que coube 100% no enredo. Trouxemos Chiquinho e Maria Helena para retratar os tempos áureos da Imperatriz. Não estávamos copiando comissão, estávamos reeditando um desfile da época em que a Imperatriz era a grande esperada do público. Queríamos resgatar a memória, e fizemos isso com as peças fundamentais da Imperatriz – revela a coreógrafa.

imperatriz_%c2%addesfile_2018_13

A festa de premiação acontece no domingo, dia 11 de março, a partir das 13h, na quadra do Salgueiro. O convite antecipado sai por R$ 40 e com direito ao prato de feijoada. No dia do evento, o ingresso de entrada e feijoada custará R$ 50. Vale lembrar que para este evento, não há reserva de mesas. A ocupação é por ordem de chegada.