Ivete diz que fazer exigência para ser enredo é muita falta de noção

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Ivete Sangalo acompanha o carnaval do Rio desde os tempos da adolescência, quando não tinha autorização dos pais para curtir a folia de Salvador. A cantora, que em 2017 será enredo da Grande Rio, participou de uma coletiva de imprensa no restaurante Phollia, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, nesta segunda-feira, para falar sobre sua participação na feijoada da escola, desfile e camarote.

ivete2– Meu pai deu uma segurada, não deixava eu ir por blocos, só se fosse com uns 80 irmãos (brincou). Lá pelos meus 13, 14 anos, painho não deixava eu ir brincar o Carnaval. Meus irmãos iam pra pipoca e eu ficava em casa com ele e minha mãe. Ele falava: ‘Olha, não fique triste que a gente vai assistir todas as escolas de samba (do Rio). E aquilo era bom, aquela vontade que tinha de ir pra rua se transformava em alegria porque assistia todas as escolas – lembrou a homenageada da Grande Rio, que já na fase adulta decidiu conhecer, de perto, o carnaval carioca.

– É difícil me ausentar da Bahia durante o carnaval, mas teve um ano que eu decidi vir no Sábado das Campeãs e Jayder me colocou pra desfilar. A escola estava passando e um segurança me ‘jogou’ lá. Fiquei louca com aquilo, foi emocionante. Claro que ali era mais tranquilo, a escola não ia perder ponto. Ano passado fiz show no Sábado das campeãs e foi muito bom também – lembra.

Questionada se fez exigências sobre o enredo, a cantora ressaltou que não interferiu na decisão da agremiação de contar sua história.

– Fazer exigências a uma escola, na minha opinião, é muita falta de noção. Toda a espontaneidade da homenagem deve ser respeitada. O bonito é ter a liberdade poética da agremiação. É ver como eles entenderam sua história e como vão contar – disse a cantora, que faz questão de participar de todas as atividades da Grande Rio.

ivete– A partir do momento que soube que a escola realmente iria falar de mim fiz questão de participar de tudo. Disse: ‘quero conhecer a comunidade, quero ir no barracão, no ensaio. Quero beber até a última gota’. A partir do momento que a escola tomou essa atitude arrojada de homenagear uma cantora de Juazeiro, com esse tempo de carreira, eu tinha mais é que usufruir do meu direito de homenageada de participar de tudo – pontuou Ivete que, este ano, excepcionalmente, montou toda a sua agenda em função do desfile da Grande Rio.

– A Bahia aceita, parabeniza e aplaude essa ideia – garantiu a baiana que falou ainda sobre ser a homenageada mais jovem deste carnaval.

– A homenagem não se dá pelo tempo de carreira ou idade. Mas sim pela vontade de homenagear algo que não é palpável. Não podemos criar regras pra isso senão ficamos engessados demais.

Ivete fará shows no camarote

Ainda durante a coletiva, Roberto Marques, diretor de Marketing do Camarote da Grande Rio, anunciou as novidades do espaço, este ano, na Marquês de Sapucaí. Pela primeira vez, a agremiação fará venda de ingressos. Mas as novidades não param por aí. A grande homenageada fará show no domingo de carnaval e no Sábado das Campeãs.

– Como sei que nós vamos ganhar (risos), sábado a festa continua. Sábado tem Pretinha e aí não tem hora pra acabar – decretou.

Desta vez, o camarote irá abrir já na sexta-feira de carnaval com Mr Catra e DJ Roger Lira. No sábado o agito fica por conta de Ferrugem e MC Duduzinho. No domingo, além de Ivete e Latino, haverá show com Valesca Popozuda. Na segunda, Xande de Pilares, MC Marcelle e Thiago Martins. E, nas campeãs Ivete Sangalo e Preta Gil.

Família em peso na Sapucaí

Desde que a Grande Rio anunciou seu enredo para 2017, a vida de Ivete Sangalo nunca mais foi a mesma.

ivete3– Está uma euforia lá em casa, só se fala nisso. São vários grupos (no Whatsapp). É grupo da Família Grande Rio, grupo que vai pro desfile, grupo de outra cidade que vem pro Rio. Estou ficando louca já (risos). A família vem em peso. Aquele tio, aquela tia… Aqueles parentes de quarto grau. Vai vir todo mundo, parcelram as passagens em 85 vezes! – brincou a cantora que lamenta não poder contar com alguns artistas de Salvador no desfile.

– A única coisa que não conseguimos é trazer os artistas de Salvador pra cá porque eles trabalham muito no carnaval. Por exemplo, Daniela Mercury foi muito importante pra minha carreira, Durval – disse a cantora que foi interrompida por Jayder, presidente da agremiação.

– Eles vêm nas campeãs – frisou.

Sobre o desfile, a cantora manteve segredo total, não revelou em que setor irá desfilar e não adiantou detalhes sobre a fantasia.

– Se pudesse eu vinha seminua, só com um troco pequenininho, um lacinho. Mas aí ia fazer a escola perder ponto (brincou). Vocês têm que ir lá me ver pra descobrir tudo! (Risos) – ordenou Ivete.

O mestre de bateria da Grande Rio, Thiago Diogo, falou sobre a possibilidade dele e o cantor Emerson Dias levarem a Invocada para tocar em Salvador.

– Temos um milhão de projetos. Um deles seria a gente ir tocar com ela em Salvador, no carnaval, mas fica apertado porque temos o camarote. Ela ficou super empolgada com a ideia, mas vamos ver no que vai dar – disse.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
+Carnavalesco Alegria da Zona Sul Beija-Flor Blocos Carnaval 2017 Carnaval pelo Brasil Carnaval SP Carnaval SP Colunistas Curicica Especiais do Carnavalesco Estácio de Sá Fotos Galeria de Fotos Grande Rio Grupo de Acesso Grupo Especial Grupo Especial Imperatriz Império Serrano Inocentes de Belford Roxo Mais Recentes Mais Recentes Mangueira Mocidade Mocidade Independente de Padre Miguel Paraíso do Tuiuti Portela Renascer de Jacarepaguá Salgueiro Samba-Enredo Sem categoria São Clemente São Paulo São Paulo Série A Série A Série B Unidos da Tijuca Unidos de Padre Miguel União da Ilha Vila Isabel Viradouro Vídeos Vídeos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×