Ivo Meirelles confirma invasão de traficantes à quadra da Mangueira

 

 

O presidente da Estação Primeira de Mangueira, Ivo Meirelles, confirmou à TV Globo ,na manhã desta quinta-feira, que a quadra da escola foi invadida por um grupo de traficantes armados na tarde de ontem. No Palácio do Samba, quatro advogados que compunham a comissão eleitoral analisavam a legalidade da inscrição das chapas inscritas na eleição presidencial da Verde e Rosa, prevista para acontecer no dia 28 de abril. De acordo com Ivo, eles foram expulsos pelos traficantes, que também roubaram todos os livros contendo as atas eleitorais da escola. O desejo deles é de que não haja eleição e um candidato em especial seja eleito. O candidato em questão teria a inscrição no pleito negada em função de irregularidades na situação de membros da sua chapa.

 

Após o episódio, a entrevista coletiva que aconteceria ontem para divulgação da legalidade ou não das chapas concorrentes foi cancelada. Até mesmo o acesso da diretoria ao barracão está impossibilitado, segundo Ivo Meirelles. A chefe da Polícia Civil, delegada Martha Rocha, já determinou abertura de investigação e Ivo Meirelles, apesar de não ter prestado queixa na 17ªDP, em São Cristóvão, é esperado no local ainda hoje para depor oficialmente sobre o caso.

 

Sabe-se também que membros da atual diretoria mangueirense teriam sofrido ameaças dos traficantes. Vale lembrar que a quadra da escola fica a poucos metros da Unidade de Polícia Pacificadora do morro da Mangueira. O comandante da unidade, capitão Leonardo Nogueira, disse que não recebeu denúncia da escola e está disposto a colaborar com as investigações.

Comente: