Ivo Meirelles escreve texto sobre escolha do enredo e momento da Mangueira

 

 

O  G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira  vem  através de seu Presidente e representante legal, esclarecer que como é de conhecimento público, as eleições e atos relativos ao pleito previstos para esse ano estão suspensos, por força de liminar impetrada por uma das chapas de oposição.  Esta mesma liminar determina que a atual diretoria seja mantida até que o poder judiciário defina a questão, e desta forma, a agremiação vem seguindo com sua rotina normal.  Lamentavelmente, em face das proporções que a questão ganhou na mídia, a direção da escola optou por suspender temporariamente os eventos normais, por entender não haver condições de proporcionar aos Mangueirenses e frequentadores, um mínimo de tranquilidade para eventos festivos, o que já tem trazido prejuízos á escola.  Entretanto, a diretoria é responsável e consciente , logo não vai expor à instituição Mangueira a algo que possa causar-lhe ainda mais prejuízos, principalmente em termos de mídia.Da mesma forma, pautada na legalidade e acima de tudo no comprometimento com o futuro da instituição como um todo, a direção da Mangueira vem trabalhando normalmente com vistas ao carnaval 2013.  Todas as ações nesse sentido estão sendo feitas de forma responsável e consciente de que a Mangueira não pode ficar à deriva. A espera de uma decisão judicial pode levar tempo para ser definida, tempo esse, que no futuro, poderá ser determinante para o sucesso ou insucesso do próximo carnaval da escola, haja vista que além de todas as questões que envolvem o seu desenvolvimento, existem questões pontuais que não podem aguardar, sob pena de não haver mais opções.  Nessa linha de raciocínio, a diretoria foi buscar parcerias e conseguiu firmar um acordo com a cidade de Cuiabá para ser tema do enredo para o carnaval 2013, o que foi feita dentro dos princípios da legalidade, responsabilidade e acima de tudo, do interesse da escola, tendo em vista que o enredo não é de propriedade das pessoas que participaram das negociações, e sim da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, que não pode ficar a mercê de questões que atravanquem ainda mais seu já conturbado processo de elaboração do próximo carnaval.Todas as ações tem sido norteadas pelos princípios da legalidade, lembrando que a Estação Primeira de Mangueira é uma instituição séria, e que tem uma história gloriosa, construída ao longo de 84 anos de existência, sempre com muita luta, bravura e principalmente, sobrepondo-se a todas as questões pessoais que vez por outra rodeiam a agremiação.A todos os MANGUEIRENSES, à toda a cidade de Cuiabá e demais parceiros, fiquem certos de que a direção da escola tem feito o melhor e é formada por pessoas de caráter, moral, e acima de tudo, responsáveis por seus atos, independente de questões de caráter eleitoral ou eleitoreiro, e querem, sempre, o melhor para a ESTAÇÃO PRIMEIRA DE MANGUEIRA

Ivo Meirelles  

Comente: