Justificativas de Leonardo Bruno

Safra fraquíssima, resultado da enxurrada de enredos pobres e pouco carnavalescos escolhidos pelas escolas este ano. Raros momentos de criatividade melódica. Nas letras, então, vemos pouquíssimos exemplos de inspiração. Vila Isabel e Portela, pelo segundo ano consecutivo, são as únicas escolas que trazem sambas que chamam a atenção, que se destacam dos demais pela ousadia, pelo frescor de suas melodias. Os demais não saem do lugar comum. Os compositores das escolas de samba foram heróis este ano, ao terem que fazer obras sobre temas como royalties do petróleo, Rock in Rio, cavalo mangalarga e revista Caras. O resultado é um dos piores CDs dos últimos anos, em termos de qualidade musical.

TIJUCA
O refrão é muito feliz, mas o resto do samba não mantém o nível alto. É grande a dificuldade para entender o que diz o enredo. Nota: 9.5
 
SALGUEIRO
Descritivo em excesso, é monótono ao tratar de um tema de dificil carnavalização. Os trechos "Se você quer saber, espera" e "porque sempre foi assim" quebram demais a melodia do samba. Nota: 9.3

BEIJA-FLOR
Samba sem grandes momentos, mas Neguinho da Beija-Flor, que sempre faz grandes gravações, ajuda a melhorar a obra. Nota: 9.4
 
VILA ISABEL
Lindo samba, poético, com soluções interessantes de letra e melodia, como a repetição da última frase e a mudança de palavra (plantar/colher) no refrão principal. Nota: 9.9
 
GRANDE RIO
Ouça várias vezes o samba e tente enxergar o que vai passar pela Avenida. É muito difícil entender o enredo através do samba. Parece que o tema descrito na letra não rende um desfile inteiro. Nota: 9.2

PORTELA
Tem bom refrão, tiradas interessantes na letra e uma ginga diferente. É um dos  únicos sambas que traz ousadias em sua melodia. Ele ousa, e esse é seu diferencial. Nota: 9.9

MANGUEIRA
Aquém dos últimos bons sambas da escola, mas não compromete. A letra é melhor quando não fala de Cuiabá, tema da escola, o que mostra que o enredo não é bom. Nota: 9.5

UNIÃO DA ILHA
A melodia é melhor do que a letra, que não é muito inspirada. Mas mesmo um samba médio sobre Vinicius de Moraes rende mais passagens interessantes do que um samba médio sobre um tema espinhoso. Nota: 9.5

IMPERATRIZ
Trechos pouco inspirados alternam com alguns bons momentos. Um samba que passa em branco. Nota: 9.4
 
MOCIDADE
Samba desanimado, letra sem inspiração, que não conta uma história. O samba traz poucos elementos para quem ouve, não indicando um enredo de verdade. Nota: 9

SÃO CLEMENTE
Junções pouco criativas com os nomes dos personagens e bordões da TV não formam um bom samba. Tentou repetir a irreverência do samba de 2012, mas sem o mesmo sucesso. Nota: 9.2

INOCENTES
Com a letra um pouco confusa, o samba traz melodias interessantes nos refrãos, mas sem grande criatividade. Nota: 9.4