Laíla comenta a morte de Joãosinho Trinta

Para Laíla, diretor de carnaval da agremiação, Joãosinho Trinta não foi importante somente para a história da Beija-Flor, mas de todo o Carnaval carioca.

– Ele tinha um espírito inovador e ousado e foi peça importante para a transformação dos desfiles das escolas de samba no espetáculo que temos hoje. A Beija-Flor está profundamente consternada e tenho certeza que é o mesmo que está sentindo toda a nossa comunidade – comentou o dirigente.

Laíla disse que Joaõsinho estava muito animado para o desfile da Beija-Flor em 2012.

– Ele estava muito animado com o desfile e estava programando estar com a escola na Avenida. Ele seria o destaque principal do último carro e receberia uma grande homenagem da Beija-Flor na Marquês de Sapucaí – concluiu Laíla.

Comente no espaço abaixo: