Legado de 2017, Camarote do King começa com pé direito no Carnaval 2018

king_2018_sexta-3O Camarote do King retorna à Sapucaí pelo segundo ano consecutivo, no setor 8, altura do meio da Avenida, e ainda mais imponente e luxuoso. A estrutura, que já era grandiosa, ficou ainda maior, são 1.200m².  O lounge externo, no nível da pista, dobrou de tamanho e agora ocupa cerca de 48 frisas. O corredor que leva o público às escadas e ao elevador também ficou mais espaçoso, com mesas, cadeiras, chapelaria, barraquinha de churros, tapioca e crepes, além de geladeiras de sorvete, açaí e até de tortas feitas de chantilly holandês e sem lactose. Tudo disponível para o público.

Os banheiros também foram reformados. Hoje todos são de alvenaria e muito maiores. No terceiro andar, mais obras. O piso todo foi trocado por porcelanato antiderrapante. A percepção da equipe de como funcionou o Carnaval de 2017 foi tanta, que na varanda houve a substituição dos bancos por espécies de arquibancadas, já que o público queria ficar mais alto para conseguir ver as escolas desfilarem.

Lilian Martins é irmã de João King e uma das organizadoras do espaço.  Ela explica o que foi feito no camarote para 2018.

king_2018_sexta-4– A maior parte do nosso trabalho foi ouvir o público e avaliar os comentários para mudar o que fosse necessário. Reclamaram dos banheiros e do transporte. Para 2018 o traslado do hotel Windsor Oceânico para o Sambódromo foi feito por micro-ônibus que têm uma capacidade maior e precisam, fazer menos viagens que as vans usadas em 2017. Além de aumentar o lounge, deixamos ele com menos mobília e maior espaço para os nossos clientes assistirem aos desfiles. Como a Itaipava nos ajudou mais neste ano, melhoramos a qualidade. Ouvir as pessoas é muito importante para melhorarmos e o resultado está aí, vendas esgotadas em pouquíssimos dias – disse.

De acordo com os organizadores havia cerva de mil pessoas dentro do camarote na sexta-feira de carnaval e espaço não faltou. Todas as áreas estavam tranquilas para circulação até o momento em que Mister Catra subiu ao palco da Boate do King e arrastou centenas de pessoas para o show. Além dele, atrações como Leandro Sapucahy, Grupo Identidade e Chacal do Sax se apresentaram. Aprendendo com o ano anterior, a boate também cresceu. Agora há um palco, o bar interno foi ampliado, houve também a instalação de uma televisão que passa os desfiles e a mesa do DJ manteve-se separada. Até a programação foi adaptada.

king_2018_sexta-2– O meu público gosta muito de show e a gente decidiu investir em atrações e não apenas em DJ’s.  No começo todo mundo falou mal ‘ah, o Joãozinho é da noite, gente esquisita, vai ter briga’. Eu penso no público e o meu camarote é família – declarou o rei do camarote, João King.

Os lances de escadas que ficam dentro do camarote também possuem seus destaques. Do primeiro para o segundo andar é possível encontrar uma cafeteria. Já do segundo para o terceiro há um estande especializado em narguilés, totalmente gratuito. Basta chegar, entender um pouco de como funciona e apreciar.

Dona Eliane Martins é mãe de Lilian e João. Ela não foi apenas aproveitar o trabalho dos filhos, pelo contrário, toda a decoração do camarote em 2018 foi feita por ela. Apostando em um tema indiano foi possível encontrar camelos, elefantes, estampas, cortinas vermelhas e até a porta dos banheiros eram identificadas com a foto de um dançarino e uma dançarina, ambos indianos.  Ela também ressaltou o caráter familiar do camarote e disse prezar pelo conforto.

king_2018_sexta-5– Trabalhei 10 anos com festas temáticas e quis fazer a decoração desse ano. Ano que vem eu quero fazer China, África, outros temas. Eu gosto que as pessoas cheguem no camarote e se sintam à vontade. Nada cheio, sem tumulto – explicou.

O casal Leandro e Daniela torce para Mocidade e estão pelo segundo ano em um camarote na Sapucaí. Optaram pelo King por indicação de amigos e, segundo eles, o camarote está aprovado. – Isso aqui é espetacular, só elogios, serviço excelente.  A estrutura é perfeita, espaçoso, não está cheio. Comida boa, tudo perfeito. Nota 40  – declararam.

André Luiz Gomes é contador, tijucano e estava no Espaço Juliana Paes, no segundo andar do camarote, esperando a namorada ser atendida por uma massoterapeuta. – Isso aqui é excelente. Eu estou esperando a minha namorada e a fila está indo rápido, ano que vem eu vou voltar, se bobear e tiver ingressos ainda volto esses dias no Grupo Especial – afirmou.

No primeiro dia de desfiles da Sapucaí, a organização do Camarote King deixou claro que veio para satisfazer os clientes e continuar crescendo nos próximos anos. Lilian, inclusive, já declarou que pretende aumentar o lounge externo em algumas frisas para o Carnaval de 2019.