Leia sinopse do enredo da Herdeiros da Vila para 2012

0 Flares 0 Flares ×

TÍTULO DO ENREDO: A HERDEIROS VIAJA PELO BRASIL EM FESTA

SINOPSE DO ENREDO


A Herdeiros da Vila, nesta noite engalanada, viaja pelo Brasil, do Oiapoque ao Chuí, para conhecer as suas festas, cerimônias, danças, jogos, rezas, folgas, entre tantas outras manifestações.

Vamos lá criançada!!! Vamos colocar roupa de festa e vamos festejar!!! É tempo de sorrir, cantar e sambar!!!

Começamos com as festas de Boi, que ao som de violas, pandeiros, tambores, chocalhos, latas, matracas e zabumbas, têm o desejo de alegrar e fazer dançar o povo brasileiro.

Cuidado criançada, lá vem o boi correndo na nossa direção! Ele é desengonçado, mas bonito!!! Sua cabeça é feita de madeira ou papel machê e corpo de pano colorido. As pernas são mesmo de algum adulto ou criança que gosta de virar boi.

A festa do Boi possui diferentes nomes, de acordo com a região do Brasil onde ela é festejada. Tem o Boi-Calemba, o Boi-Bumbá, o Boi-de-Janeiro, o Boi-da-Mata, o Boi-Lé, o Boi-Pintadinho, o Boi-de-Mamão, o Boi-Jardineiro, o Bumba-meu-Boi, e o Boi Garantido e Caprichoso.

Vcs sabiam que, em Parintins, no Amazonas, há um lugar chamado de Bumbódromo, local onde a festa do Boi acontece?!

E quem nunca pulou fogueira de São João?! Quem disser que não está mentido!!!

No mês de junho é tempo de balões, fogueiras, sanfona animada, forrós, quadrilhas, bandeirolas coloridas e comidas deliciosas. São as Festas Juninas. É tempo de usar vestido florido, camisa xadrez, botas, e chapéu de palha. Viva a São Pedro, Santo Antônio e São João!!!

E viva a São Gonçalo, o casamenteiro das moças velhas, as solteironas!!! Quem fizer uma promessa à Gonçalo terá que pagá-la com uma boa festa, que poderá demorar dias. A dívida se paga com muita festa e dança. Esta se faz com duas filas de seis ou oito moças, todas vestidas de azul e branco. Nas mãos levam os arcos enfeitados com flores brancas feitas de papel de seda. Gonçalo é um santo arretado!!!

Meninada, vcs sabiam que, em Algumas localidades do Brasil, há um embate entre mouros e cristãos, como acontecia na Idade Média, em Portugal?!

É fantástico!!! São as Cavalhadas, festas populares religiosas, em que numa arena comprida, 24 cavaleiros se dividem em dois grupos para um duelo: de um lado, os cristãos vestidos de azul e branco, do outro os mouros, de cáqui e vermelho encarnado, ricamente vestidos com roupas bordadas cheias de guizos brincalhões e barulhentos, espelhos, fitas e miçangas coloridas. Os cavaleiros possuem lanças, espadas e pistolas de pólvora seca. Ninguém se machuca!!! Também não precisem ficar assustados com os barulhos dos tiros das pistolas!!!

Conta a tradição que os cavaleiros representam os doze pares de França que guerreavam com o Imperador Carlos Magno. Sabe quando? Lá no século I.

Viva São Benedito! Viva Nossa Senhora do Rosário! E lá vem as Congadas, trazidas pelos negros, quando foram trazidos para cá para trabalhar como escravos. Durante a festa, os escravos se vestiam de reis, rainhas, nobres embaixadores, capitães e soldados, numa grande manifestação popular, cantando, dançando. Os tambores rufavam durante sete dias!!!

Pessoal, vocês sabiam que, durante o festejo, havia um embate entre a Rainha Ginga e seu inimigo, o Rei Congo?

A escravidão acabou, graças a Deus!!! Mas as Congadas continuaram a ser realizadas por todo o nosso país, incorporando inclusive pessoas de origem branca.

Há também as festas indígenas, como a Pajelança, e a Festa da Moça Nova. As duas festas são comandadas pelos espíritos da floresta.

Vc sabia que os nativos Tucuna moram no meio da floresta amazônica e fazem uma festa para que as meninas virem moças e possam se casar?

É hora de conhecermos mais uma folia. A Festa do Divino!!!

O Povo delira de emoção, neste festejo colossal, que veio de terra distante, lá de Portugal, e tornou-se importante e tradicional. Ao som da batida do tambor e do tocar da viola, assistimos à chegada da bandeira vermelha com a pomba do Espírito Santo, que visita as casas da cidade nos dias que antecedem a festa, para pedir uma ajuda para a festa.

No começar da festa ouvimos o badalar do sino. É a coroação do menino!!!

O Cortejo do Imperador é suntuoso, estando todos os integrantes ricamente trajados!!! Todos são animados pelo batuqueiro, violeiro e pelo cantador.

Rapaziada, em São Luís do Maranhão, para alegrar ainda mais a festa, dois bonecos gigantes percorrem a cidade na tarde de domingo. É o casal Zé Paulino e Maria Angu. A criançada morre de rir e adora provocar os dois!!!

Chegamos ao Sul. Vamos conhecer as Danças Gaúchas!!! Pares de rapazes e moças vestidas com roupas gaúchas cantam e bailam a Dança do Pezinho, a Dança dos
Enamorados.

As moças, chamadas de prendas, usam flores no cabelo e saia com babados na barra; e, os rapazes, usam um cinturão de couro chamado guaiaca, além de xale, lenço, esporas e chapéu.

Como somos um país de tradição cristã, em dezembro, acontecem as Festas Natalinas. Lá vem Papai Noel em seu trenó, trazendo mil presentes para os baixinhos!!!

É tempo também da Folia de Reis!!! Um cortejo religioso que homenageia os três Reis Magos: Belchior, Gaspar e Baltazar, santos que anunciaram, a chegada do menino Jesus.

Lá vem as Pastorinhas, cantando lindas canções!!!

Cuidado!!! Durante o cortejo, não deixem os palhaços, que representam os soldados de Heródes, que queriam matar Jesus, entrar na casa das pessoas!!!

E, no Réveillon, vamos tomar champagne e usar roupas brancas para esperar a chegada do Ano Novo, ao som de muitos fogos.

E aqueles que vivem próximo ao mar também festejam. Viva a Marujada!!! Viva as Sereias, as Rainhas do Mar!!!

É tempo de Carnaval, a festa mais popular do mundol!!! No Brasil inteiro, a população canta, dança e samba os quatro dias de folia.

No carnaval tudo vira fantasia! Homem vira mulher. Mulher vira homem. Pobre vira Rico. Rico vira Mendigo. Todos dançam nas ruas, salões e clubes! Viva ao Rei Momo e a sua Corte!!!

Na Bahia temos os trios elétricos e os grupos Afro Reggae.

Em Pernambuco temos o Frevo!!! Pernas e braços se dobram e se esticam rapidamente. A sombrinha colorida vai para cima e para baixo!!! E o corpo “ferve” de alegria!!!

No carnaval de Recife tem também o Maracatu, manifestação cultural trazida pelos portugueses, formada por uma percussão que acompanha um cortejo real. As personagens que compõem o cortejo são os seguintes: Porta-estandarte; a Dama do paço, mulher que leva em uma das mãos a CALUNGA (boneca de madeira, ricamente vestida e que simboliza uma entidade ou rainha já morta); Rei e rainha, que serão coroados; Vassalo, um escravo que leva o PALIO, guarda-sol que protege os reis; Figuras da corte; Damas da corte; Yabás, as baianas, que são escravas; e, finalmente, os Batuqueiros, que animam o cortejo, tocando instrumentos.

E, no nosso Rio de Janeiro? Temos a oitava maravilha do mundo, o desfile das Escolas de Samba.

E, nós, criança-Herdeiros, estamos nessa noite de esplendor, enriquecendo essa festa de valor!!! Vamos espalhar Amor e Paz, e transformar a Avenida num mar azul de felicidade!!!

Alex Varela, Ana Cláudia Colatino Barreto, Julio Cerqueira Elias, Rita de Cássia.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×