Lierj descarta Série A com 14 escolas em 2018

0 Flares 0 Flares ×

logo-lierj-2017Após uma sexta-feira conturbada com a polêmica ideia da presença de 14 escolas nos desfiles da Série A em 2018, com ascensão da Cabuçu, vice-campeã da Série B em 2017, e a não manutenção da União do Parque Curicica, rebaixada da Série A, a Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIERJ) divulgou nota esclarecendo o caso e informando que foram descartadas quaisquer hipóteses do Carnaval de 2018 da Série A contar com 14 agremiações.

“Embora o tema não estivesse na pauta, um representante de uma agremiação sugeriu ao plenário que, em função de não ter acontecido rebaixamento no Grupo Especial, fosse alçada à Série A a segunda colocada da Série B. A diretoria da Lierj, no entanto, frisou que, para o tema ser levado adiante, eram necessários mais debates com as escolas filiadas, além de um levantamento interno que pudesse viabilizar ou não o fato. Após estudos, entretanto, foram descartadas quaisquer hipóteses do Carnaval de 2018 da Série A contar com 14 agremiações. Sendo assim, conforme previsto em regulamento (disponível no site oficial) e, como não houve rebaixamento no Grupo Especial, a Série A será formada no próximo ano por 13 agremiações”, diz a nota da Lierj.

A organizadora dos desfiles da Série A diz ainda que “mantém o compromisso de transparência em todos os atos administrativos, característica que ajudou a transformar os antigos grupos de acesso A e B em sucessos de público, de organização e de crítica, através da consolidada Série A”.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×