Lierj realiza audição com as escolas e espera CD nas lojas no início de outubro

cd_lierj2018_1A Lierj realizou nesta quinta-feira no estúdio Visom, em São Conrado, a audição do CD com os sambas-enredo para o Carnaval 2018. As 13 faixas foram executadas na presença de presidentes, diretores de carnaval e intérpretes das agremiações, além da diretoria da Lierj. A próxima etapa antes da comercialização é a masterização. O processo de produção do CD ocorreu nos últimos 30 dias e novamente foi produzido por Leonardo Bessa.

Ao CARNAVALESCO, o presidente da Lierj Déo Pessoa festejou o resultado final, enalteceu a safra de 2018 e garantiu que o desfile da Série A será forte independente da crise que afeta o mundo do carnaval.

– São muitas partes envolvidas nesse processo. Começa com a própria safra de sambas, que mais uma vez é muito boa. Passa pela competência do trabalho de produção do Leonardo Bessa e toda sua equipe. Estou muito feliz com o resultado final. Sobre o desfile do ano que vem nós estamos lutando por todas as escolas, mas posso garantir que será um belo desfile independente de qualquer situação de crise. Estamos aguardando a definição entre a Riotur e as escolas do Grupo Especial, que já está perto de sair a verba. Nós renovamos o contrato com a Globo por um valor menor e esse dinheiro já foi repassado para as escolas – afirmou Déo Pessoa.

cd_lierj2018_2O produtor do CD, Leonardo Bessa falou à nossa reportagem sobre a roupagem utilizada na gravação, seguindo a linha de seu últimos trabalhos à frente do CD. E destacou as novidades no projeto de 2018.

– Seguimos a linha de valorizar os sambas-enredo, sem cacos dos cantores e com o ritmo adequado para não ‘sujar’ as faixas. As escolas aos poucos vêm compreendendo o estilo desse projeto e eu não posso deixar de agradecer a cada uma delas por essa parceria e ao presidente Déo Pessoa pela confiança mais uma vez no meu trabalho. Quem comprar o CD da Série A para o Carnaval 2018 irá encontrar sobretudo um álbum musical. Tivemos a participação mais que especial de Rildo Hora na faixa da Renascer, sanfona na da Rocinha e uma bonita homenagem ao Luiz Melodia na da Estácio – finaliza Leonardo Bessa.

lierj2018A coordenação das gravações no estúdio Visom ficou a cargo do diretor de carnaval da Lierj Thiago Monteiro. Ele revelou que foram mais de 200 horas de gravação desde o início dos trabalhos há exatos 30 dias.

– Entramos no estúdio no dia 28 de agosto. Entre bases, coro, complementos e as vozes dos intérpretes foram 212 horas de gravações no estúdio. Como já foi amplamente divulgado, trata-se de um CD de samba-enredo e não de ‘bateria-enredo’ ou ‘caco-enredo’. Esse é o perfil do projeto e as escolas assimilaram muito bem esse estilo. Os sambistas podem esperar um grande CD nas lojas em breve – complementa.

O CD com os sambas-enredo da Série A para o Carnaval 2018 chegam às lojas no início do mês de outubro. Não há ainda definição sobre os pontos de venda e nem o preço sugerido para a comercialização.