Liesa veta camarote com sexo liberado no Sambódromo durante os dias de desfiles

O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), Jorge Castanheira, informou ao site CARNAVALESCO que vetou qualquer possibilidade de ser comprado um camarote no Sambódromo com sexo liberado. Durante a semana, o site Sambarazzo (especializado na cobertura das celebridades carnavalescas) revelou que a agência de turismo Casal First Tour teria um camarote na Avenida com direito a sexo liberado. O dirigente da Liesa contou, em nenhum momento, houve compra de camarote.

– Aproveito o momento para informar que não existe camarote nenhum vendido para empresas que vão outro tipo de ação na Avenida. Foi um nível de aventura que foi criado. Tomei conhecimento pela imprensa, liguei para empresa, desfiz esse mal entendido, não compraram camarote nenhum. Estavam especulando fazer com um outro formato, que era diferente da Avenida, e não poderia permitir.