Luizito pede aos componentes da Mangueira a ‘boa e velha garra’ no ensaio técnico

 

 

 

 

 

Quem teve a oportunidade de acompanhar os ensaios na quadra ou na rua da Estação Primeira de Mangueira pode confirmar que a escola está feliz e renovada depois da chegada da nova gestão do presidente Francisco de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira. Com um samba-enredo que parece ter sido feito sob medida para a verde e rosa não é raro ver os componentes da escola mostrando a verdadeira marca da escola, a garra.

 

E é isso que a agremiação deseja mostrar em seu ensaio técnico, o único que fará antes do carnaval, domingo na Marquês de Sapucaí. O intérprete oficial da escola, Luizito, completa 34 anos de avenida em 2014, e pede aos torcedores e componentes a boa e velha paixão de sempre pela escola. – A Mangueira trascende o carnaval, ela é um estado de espírito. Eu peço que acreditem na gente. Não somos melhores que ninguém, mas estamos trabalhando com muito amor para essa escola. Vamos cantar e gritar muito, podem apostar – prometeu o cantor em conversa com o CARNAVALESCO.

 

Luizito teve a difícil incumbência de substituir o Pelé dos intérpretes de samba-enredo, o mestre Jamelão, que morreu em 2008, como voz da escola. Nos carnavais de 2011, 2012 e 2013, a voz principal da Mangueira dividiu o microfone com outros cantores e agora para 2014 volta a ser o único principal. Luizito não vê diferenças nesta situação. – Eu tenho ciência de minha responsabilidade em defender a Mangueira com a minha voz e me preparo muito pra isso, mas não tenho essa vaidade de ser o primeiro. Nosso carro de som é unido e todos temos ciência de que a estrela é a Mangueira, a maior escola de samba do planeta – disse um animado Luizito.

 

Apesar de sempre exibir essa postura contundente de defesa da escola e de suas tradições, o que faz de Luizito um cantor sob medida para defender as cores da Estação Primeira de Mangueira, o puxador se diz tranquilo para o retorno à avenida. – É sempre uma expectativa enorme rever aquele povo nas arquibancadas, vibrando com a gente, mas eu estou tranquilo e preparado para cantar esse nosso belo samba – disse Luizito.

 

Amargando o maior jejum de títulos de sua história (já são 12 carnavais) a Estação Primeira de Mangueira apresenta no Carnaval 2014 o enredo “A Festança Brasileira cai no samba da Mangueira”, da carnavalesca multi-campeã Rosa Magalhães. A verde e rosa será a 3ª escola a desfilar no domingo de carnaval.

 

Comente: