Mangueira transforma passistas em musos e musas

Desde que assumiu a presidência da Estação Primeira de Mangueira, Ivo Meireles tem se notabilizado pelo valor dado aos quesitos de chão da escola. Foi assim na escolha dos três sambas-enredo de sua gestão e na reestruturação de todo o departamento musical da escola. Agora, o dirigente decidiu valorizar um outro segmento que dá o sangue pela escola: a ala de passistas. Em coquetel realizado na noite desta sexta, na Zona Sul do Rio, Ivo anunciou que oito mulheres e sete homens da ala de passistas da escola foram alçados ao posto de musos.

 
Para dar ainda mais visibilidade ao grupo, o presidente convidou as dançarinas Scheila Carvalho e Roberta Apati para serem madrinhas do grupo, que desfilará à frente da ala de passistas.
 
– Resolvi fazer isso para valorizar essas pessoas que se doam e se entregam a escola durante todo o ano. Agora, elas são musas e eles musos. São pessoas da escola, que tem muita beleza e samba no pé para abrilhantar ainda mais o nosso desfile. A partir de agora, toda mulher famosa que quiser desfilar na Mangueira terá que passar por essa ala de musos – explicou Ivo, que garantiu também a presença de Beth Carvalho no desfile da Verde e Rosa. Segundo ele, a grande mangueirense representará um papel especial no desfile.
 
Dançarina do Programa do Faustão e professora de dança, Roberta chegou exibindo bom humor e logo se inteirou com seus mais novos afilhados. Ela comentou o convite feito pelo presidente da escola.
 
– Fico feliz por ser madrinha das musas da minha escola. Já havia desfilado pela escola, mas agora vai ser uma responsabilidade muito grande. Será bem diferente e o meu coração já bate forte.
 
Já Scheila Carvalho, que veio direto de Salvador e trouxe sua filha para o evento, falou sobre o retorno ao carnaval carioca. Além de desfilar na Mangueira, ela será rainha de bateria do Paraíso do Tuiuti, no sábado de carnaval.
 
– É muito legal essa oportunidade que o Ivo está me dando. Ele já tinha mediado a minha isa para o Tuiuti e agora me vem com esse presentão. Essas meninas e meninos são lindos demais e será uma honra imensa desfilar ao lado deles. A Mangueira tem uma história e uma comunidade muito bacanas. Lembro até da minha infância. Minha tia de São João de Meriti vivia falando que um dia eu ia desfilar na Mangueira e o sonho dela se realizou. Será maravilhoso.
 

Falando sobre o bloco carnavalesco Cacique de Ramos e o carnaval de rua, a Estação Primeira de Mangueira será a quarta escola a desfilar na segunda-feira de carnaval.

Comente no espaço abaixo: