Marcinho diz que Viradouro lhe deve salários

 

 

Dispensado pela Unidos do Viradouro após o Carnaval 2012, o ex-mestre-sala da escola, Marcinho, procurou a reportagem do site CARNAVALESCO para fazer uma denúncia. De acordo com ele, a escola lhe deve quatro meses de salário referentes ao período em que defendeu a Vermelho e Branco.

– A Viradouro me dispensou e me deve quatro meses de salário. Já fui até na Lierj (Liga Independente das Escolas do Rio de Janeiro) procurar o Déo Pessoa e ver se consigo um contato com o presidente(Gusttavo Clarão), porque não consigo encontrá-lo. No tempo em que estive na escola também não me deram condições para trabalhar e dar o resultado esperado – afirmou Marcinho.

 

Gusttavo Clarão rebate Marcinho: ''É mentira''

Ainda de acordo com Marcinho, a escola não lhe ofereceu um contrato para assinar, tendo tratado a sua permanência na escola de forma verbal. O presidente da Viradouro, Gusttavo Clarão, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Comente: