Marcos Falcon ganha liberdade

Depois de assumir a superintendência de carnaval da Portela em abril e ser preso em flagrante cerca de 15 dias depois, o sargento da polícia militar Marcos Falcon ganhou liberdade nesta quinta-feira. Ele havia sido preso por agentes da Corregedoria da Polícia Civil (Coinpol) e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco-IE) por suspeitas de ligações com milícias que atuam na Zona Oeste do Rio.

Na ocasião, Falcon foi flagrado em sua Pajero blindada com uma pistola, um silenciador, munição para fuzis e um taco de beisebol, além de R$ 32 mil reais em dinheiro. Quando assumiu a função, uma das principais promessas de Falcon era o fim da era do atraso na confecção de alegorias e fantasias na Portela