Melhor samba da história do Sambódromo, Liberdade, Liberdade tinha melodia ‘pronta’

 

 

Eleito por 27,7% dos internautas do CARNAVALESCO como o melhor samba-enredo da história do Sambódromo, o lendário "Liberdade, Liberdade, Abre as Asas sobre nós" povoa o imaginário dos amantes do samba e do carnaval. Qual o segredo para tamanho acerto em letra e melodia? De onde veio tamanha inspiração para compor uma obra que conseguiu romper a barreira do carnaval?

O CARNAVALESCO conversou com dois dos principais responsáveis pela confecção da obra: Preto Joia, à época compositor e mais tarde intérprete oficial da Imperatriz, e Niltinho Tristeza, que apesar da alcunha só recebeu este "sobrenome" por ser um dos compositores de outra lendária obra, o samba-canção "Tristeza".

No domingo, dia 13 de abril, os compositores vão ser homenageados durante a premiação do Estrela do Carnaval 2014, que acontece na quadra do Salgueiro, a partir das 13h. Você também pode ir na feijoada do Estrela do Carnaval 2014. Pelo terceiro ano, a festa vai reverenciar sambistas da Série A e do Grupo Especial, além de prestar uma homenagem especial àqueles que mais se destacaram ao longo dos 30 anos de existência do Sambódromo carioca. Para a melhor escola de São Paulo, o site CARNAVALESCO vai premiar a Mocidade Alegre. O prêmio também terá uma categoria especial. Chamada de Bem Vindo ao Estrela do Carnaval, a categoria em 2014 vai homenagear a Unidos de Bangu, que venceu o Grupo B, na Intendente Magalhães, e ano que vem desfilará no Sambódromo. A camisa-convite já está à venda na quadra do Salgueiro e no Centro Cultural Djalma Sabiá, e custa R$ 35 antecipada. Vale lembrar que não há reserva e tampouco cobrança de mesa na quadra. A ocupação é por ordem de chegada ao evento.

Uma curiosidade desconhecida por muitos é que a melodia da obra, uma das mais competentes e completas da história do carnaval, já estava pronta, mas seria usada para compor um samba de meio de ano, conforme conta Niltinho. – Eu apresentei a melodia para o meu amigo Preto Joia e pedi a ele para letrar. Coincidiu com o anúncio da sinopse da Imperatriz e resolvemos usá-las. Acredito que tenhamos sido muito felizes, disse o compositor.

Para Preto Joia, "Liberdade, Liberdade", tem o mérito de casar letra e melodia e definir o enredo todo de maneira sucinta, mas melódica e poeticamente coerentes. – O enredo pedia uma letra com riqueza póética. Era um momento histórico importante para o país, saindo de uma ditadura, 100 anos da Proclamação da República. Tínhamos que emocionar e acredito que conseguimos, afirmou o cantor.

1989 marcou para sempre os desfiles das escolas de samba. Um samba-enredo épico derrotou um desfile igualmente antológico no aspecto estético, com o "Ratos e Urubus" de Joãsinho Trinta na Beija-Flor, para muitos considerado o maior desfile de escola de samba da história. Entretanto a Imperatriz derrotou a azul e branco justamente no quesito onde poderia: samba-enredo. Vale lembrar a justificativa dada pelo jornalista João Máximo para a nota 9 aplicada à obra da Beija-Flor: "O trecho lebaraô é um assassinato à língua portuguesa". Causou revolta, mas a realidade é que "Liberdade, Liberdade" merecia ser coroado com o campeonato.

Disputas de sambas atuais alijam o compositor da comunidade, afirma Preto Joia

Preto Joia, depois do sucesso com "Liberdade, Liberdade", assumiu em 1991 o microfone principal da Imperatriz Leopoldinense e viveu na escola o auge de sua carreira, com a conquista de vários prêmios e os campeonatos de 1994, 1995 e 1999 com a escola. Em 2014 Preto retornou à escola compondo o carro de som comandado por Wander Pires e chegou a participar da disputa de samba da escola compondo o samba ao lado de Zé Katimba, outra lendária figura da Imperatriz.

Experiente compositor, Preto Joia critica as fórmulas atuais de disputas de samba nas escolas de samba. – Eu não acredito que o samba-enredo tenha piorado por conta dos compositores, mas sim pelo modelo de disputas. Hoje é um negócio. Se investe milhares de reais para vencer um samba-enredo. O compositor humilde, mas com talento, não vai vencer nunca mais neste modelo, disse.

"Liberdade, Liberdade" até hoje faz sucesso onde é entoado. Possui mais de 20 regravações com grandes nomes da música brasileira, como Emílio Santiago e Simone. Difícil encontrar um amante do carnaval que não saiba cantá-lo do início ao fim. "Ao longe faz-se ouvir, tem verde e branco por aí brilhando na Sapucaí". Até hoje!

Comente: