Mestre de bateria da Império da Tijuca reclama da reforma no sambódromo

 

 

 

Com os olhares bem atentos aos seus ritmistas, 
Mestre Capoeira poupou palavras para descrever a apresentação. 
- Foi excelente! -, exclamou, resumindo o sentimento. 
Ao todo, a escola da Formiga executou quatro paradinhas, fazendo
apresentações em todas as cabines. Mas o mestre de bateria reclama do novo sambódromo, 
causando incômodo. Capoiera afirmou que o incômodo foi apenas do som.
- Muito ruim -, relata ,novamente, em poucas palavras. - Isso piora no segundo recuo - completou.



Comente: