Mestre Maurão, da Rocinha, fala do novo sambódromo

 

Numa rápida entrevista, o mestre Maurão, da Acadêmicos da Rocinha, fala sobre a sua bateria. – Bateria é difícil de ver, mas para mim, foi muito bom. Fizemos o que foi proposto. Foi perfeito, não faltou nada, fizemos um andamento bem alegre, – que ainda falou sobre as paradinhas, alvo de algumas criticas – Foram três paradinhas, todas bem executadas nos módulos dos jurados.

Sobre as obras feitas no sambódromo, que aumentou o seu tamanho, Maurão comentou os benefícios e consequências: – Achei bom, mas vi uma falha no 2º box do jurado. Parece que o som diminui, que fica para 'fora' devido a um espaço vago ali.

 

Comente: