Mestre Rafael, da Acadêmicos de Santa Cruz, já pensa no carnaval do ano que vem

 

 

Vibrando muito, o jovem mestre de bateria da Santa Cruz, Rafael, não cansava de repetir o que achou da apresentação:

-Maravilhosa!!.

Os ensaios incessantes de terça a domingo foram recompensados, segundo ele. Mestre Rafael falou que foram feitas duas bossas em todos os módulos de jurados. O que realemnte pesou para o mestre foram as mudanças do Sambódromo.

– A acústica está muito diferente. Para o ano que vem, vamos precisar aumentar o número de ritmistas para não sentirmos tanto – finaliza.  

 

 

Comente: