Mocidade aposta nas cores tradicionais da escola na busca pelo bi

Por Marina Magalhães

mestremocidadeO verde e o branco da Mocidade Independente de Padre Miguel tomaram conta da Sapucaí, encerrando com chave de ouro o primeiro dia de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Sem grandes ousadias no colorido e investindo fortemente nos seus tons originais, a escola da Zona Oeste prestou uma homenagem à valorização cultural entre a Índia e o Brasil para ir em busca do bicampeonato.

Com tons claros e iluminação branca, os carros alegóricos da Mocidade levaram para a Avenida diversas manifestações artísticas e culturais, para representar o casamento entre Brasil e Índia. O enredo “Namastê, a estrela que habita em mim saúda a que existe em você” foi um convite ao público para mergulhar nas interseções de hábitos e costumes existentes entre os dois países.

Com um figurino dourado que se assemelhava às vestimentas tipicamente indianas, o mestre de bateria Dudu cruzou a Marquês de Sapucaí simbolizando o casamento do Brasil e da Índia através dos temperos culinários, e garantiu que a Mocidade veio para brigar pelo título novamente.

– Queremos esse bicampeonato para mostrar para o povo que a Mocidade é Mocidade de verdade. E, como filho de mestre, eu tenho a missão de gabaritar. Para isso, venho trabalhando nessa bateria há bastante tempo. O trabalho está bem coeso e encaixado, com um momento especial que reservamos para o público: a reza da Madre Tereza de Calcutá. Aguardem a Mocidade – disse o mestre pouco antes de pisar na Avenida.

Para Patrícia Ferreira, que desfila na ala das baianas hás 17 anos, o contexto não é muito diferente. Apesar da árdua missão de se buscar o título pelo segundo ano consecutivo, a independente acredita que o bicampeonato está próximo.

– Prestes a entrar na Avenida, o nervosismo toma um pouco de conta, porque a nossa meta é trazer o novo campeonato para a escola. Ser a atual campeã traz uma responsabilidade muito grande porque ninguém quer perder o título. Mas eu acredito que dará tudo certo e conseguiremos cumprir nosso objetivo – disse, confiante.