‘Namastê: a Estrela que habita em mim, saúda a que existe em você’ é o enredo da Mocidade para o Carnaval 2018

logo_mocidade_2018

Fim do mistério. A Mocidade Independente de Padre Miguel divulgou na tarde deste domingo durante a sua feijoada o enredo que a verde e e branca vai apresentar na avenida em busca do bicampeonato. ‘Namastê: a Estrela que habita em mim, saúda a que existe em você’ será desenvolvido mais uma vez por Alexandre Louzada.

Em uma primeira explanação a escola divulgou um texto preliminar sobre o que será abordado no enredo. “O Brasil vive um casamento profetizado com a Índia, que traz na poesia do tempo o nome dado aos seus habitantes nativos. As alianças que os unem geram avanços na cultura e na economia, abençoados pelo Deus único sobre manifestações diversas. Desde as especiarias, que deram sabor a esta relação, até o gado Zebu que gerou riquezas e tantas outras coisas, os fazem cônjuges na busca de um mundo melhor para todos”.

A Mocidade novamente aposta em um enredo que aborda a cultura de um outro país e uma vez mais receberá apoio financeiro para o tema proposto. À reportagem do CARNAVALESCO, Alexandre Louzada explica que o desenvolvimento ainda não está definido.

– Esse enredo foi definido em apenas três dias e ainda vamos definir o caminho a seguir. Terei o auxílio de alguns colegas para a definição do norte que seguiremos. É uma temática patrocinada – confirma Louzada.

O vice-presidente, Rodrigo Pacheco, também conversou com nossa reportagem sobre o enredo e explicou quais as parcerias devem acontecer a partir do tema proposto.

– Nós temos o apoio financeiro de três empresas da Índia. Não tem nada de Zebu de maneira direta. Vamos passar pelo boi no fim de nosso desfile, pois é um animal sagrado para os indianos. Não da para colocar carnaval na rua sem dinheiro, isso não é novidade. O que deu certo em 2017 como Marrocos também vai dar com a Índia se Deus quiser – concluiu Pacheco.