Ney Filardis acha que samba da Ilha vai cair nas graças do povo

 

Com o belo desfile feito pela escola em seu retorno ao Grupo Especial, em 2010, e a demonstração de superação dada pela escola no último carnaval, mesmo após o incêndio que atingiu seu barracão em fevereiro, a União da Ilha do Governador está cercada de expectativas positivas quanto ao seu desfile no Carnaval 2012. Quem também não esconde a ansiedade de ser novamente julgado é o presidente da escola, Ney Filardis, que comentou a repercussão do samba da escola.
 
– A tendência realmente é o samba cair nas graças do povo pois tem a cara da escola. É um final de ano sensacional. Tivemos um início de ano péssimo em razão do incêndio, mas agora estamos de volta para a Cidade do Samba e esperançosos de fazer um grande desfile em 2012. Vamos botar bastante molho inglês na feijoada e misturar chá com cachaça.


Outro assunto que gera expectativa no mundo do samba é a data de reinauguração da quadra da escola, em obras desde maio. Ney preferiu não precisar uma data para a comunidade insulana reinaugurar a casa reformada, mas garantiu que isso acontecerá antes do Carnaval 2012.
 
– Ainda terei algumas reuniões para acertar esses detalhes, mas garanto que até a primeira semana de fevereiro vamos reinaugurá-la. O momento é extremamente positivo e quero fazer isso antes do carnaval – afirmou.
 
Em 2012, a União da Ilha do Governador levará para a Avenida o enredo 'De Londres ao Rio: Era uma vez… Uma Ilha…' de autoria do carnavalesco Alex de Souza. A Tricolor Insulana será a segunda escola a desfilar na segunda-feira de carnaval.
   

Comente: