Nilo Sérgio não entende justificativas dadas para a Tabajara do Samba

 

 

Mesmo elogiada por quem entende do assunto e premiada com o Estrela do Carnaval de melhor bateria do Grupo Especial, a bateria da Portela parece não ter agradado aos julgadores no Carnaval 2012. Foram duas notas 9,7, um 9,9 e apenas uma nota máxima, concedida pelo julgador Sérgio Naidin, que inclusive apontou a Tabajara do Samba como melhor bateria do Grupo Especial ao dar o bônus de 0,1 aos comandados de mestre Nilo Sérgio. A expectativa pelo teor das justificativas acabou se transformando numa enorme decepção para o mestre de bateria da Portela, que afirmou não ter entendido a grande maioria do que foi justificado pelos julgadores.

– Não compreendi várias coisas das justificativas. Eles justificaram, mas o entendimento ficou complicado. Fiz várias bossas diferentes e um deles escreveu que faltou criatividade. Acho que no próximo ano vou ter que fazer as bossas que ele criar, não as que eu crio. O outro falou sobre a afinação. Desde 2006 implementei essa mesma afinação na bateria da Portela e somos elogiados, além de sermos muito felizes com ela. Falou também sobre peso nas caixas. Que peso seria esse? Não entendi… Já o último jurado achou que a bateria embolou, mas não concordo. Nem eu e nem os meus diretores percebemos isso. Todo mundo que desfilou na bateria sabe que o trabalho foi bem feito e isso me deixa mais tranquilo. Infelizmente as justificativas me ajudam muito pouco. Eles nos arrebentaram – desabafou Nilo Sérgio.

 

Com viagem marcada para a Europa – onde ensinará percussão na Bélgica e na França, e participará do carnaval suiço – e para o Japão – onde também dará aulas de percussão -, Nilo Sérgio revelou que pretende se reunir com o presidente da escola, Nilo Figueiredo, e formalizar uma reclamação sobre as notas dadas para a bateria portelense.

Ele fez questão de parabenizar todos os ritmistas pelo rendimento no desfile e citou o fato de ter de ensaiar a bateria na rua, todas as segundas, como um fator de superação para o sucesso do trabalho, já que a Portela estava com a quadra passando por reforma. No início do mês de julho, assim que voltar de suas viagens internacionais, Nilo pretende iniciar os ensaios rumo ao Carnaval 2013.

 

– Vou conversar melhor com o Paulo Menezes sobre o que ele está preparando para a bateria e fazer um trabalho voltado para o enredo. Gostei muito de saber que vamos falar sobre Madureira. Acho que é a cara do momento da Portela. 

Comente: