Novo mestre de bateria da Estácio é prata da casa

gaganja_estacioA Estácio de Sá já tem seu novo mestre de bateria. Escolhido para suceder mestre Chuvisco no comando da Medalha de Ouro, Wallace Martins, mais conhecido como Gaganja, terá a missão de manter o histórico de notas máximas no quesito. Jovem, mestre Gaganja vê, aos 23 anos, uma grande responsabilidade diante de si.

– Estou mais do que feliz. O Chuvisco sempre foi um espelho para mim e todos os diretores e ritmistas da comunidade. Ele é e sempre será o nosso líder e eu espero corresponder a expectativa de todos da direção da minha escola, diz o mestre que tem no surdo de terceira sua maior habilidade.

A história de Gaganja com a vermelho e branco é antiga. O novo mestre de bateria desfila pela Nova Geração do Estácio desde os oito anos. Coincidentemente, este ano foi seu último na bateria da mirim. Observado há muito tempo pela diretoria, o nome indicado por Chuvisco foi festejado pelo presidente Leziário e pela direção da escola.

– O Wallace sempre esteve na nossa mira pela conduta e dedicação que mostra. Tanto ele como muitos outros diretores do Chuvisco teriam condições de assumir esse posto, mas chegamos ao nome dele de comum acordo. Sabemos da capacidade e do empenho que ele terá, diz Marcão Selva, diretor de Carnaval da escola.

Gaganja está há 09 anos na bateria da escola mãe. Sua paixão pelo surdo de terceira não o impediu de enveredar por outros instrumentos como o tamborim, a caixa, os surdos de primeira e segunda marcação e o agogô. Sobre a indicação do novo mestre, Chuvisco comenta:

– O Gaganja sempre foi muito dedicado e muito atento a tudo. A Estácio é uma família e, como o presidente diz, aqui é escola. Poderia indicar vários nomes que assumiriam o comando com muita responsabilidade porque, acima de tudo aqui corre o sangue estaciano nas veias deles. Tenho certeza de que ele vai seguir o nosso trabalho e que a diretoria fez a escolha certa.

O Berço do Samba, que completará 90 anos em 2017, em breve anunciará toda a equipe para o próximo desfile, bem como o enredo com o qual defenderá em 2018.