O dia da superação

O grande destaque da noite vai para as escolas que sofreram com o incêndio, e que foram exemplos de garra e superação. Deixaram bem claro, que caso viessem concorrendo ao título, seriam fortes candidatas a vencedoras. Maior destaque à Grande Rio, que mais sofreu perdas com o incêndio, mas que mesmo assim mostrou muita garra e superação ao cruzar a avenida. A escola de Caxias conseguiu mostrar um desfile de qualidade, o que surpreendeu a todos. E nesse mesmo contexto, a União da Ilha também ganha destaque pelo desfile muito bem feito.

O Salgueiro, que era uma das grandes favoritas, chegou a mostrar alegorias bem trabalhadas, fantasias com bastante luxo e enredo muito bem desenvolvido, entretanto se perdeu e conseguiu se perder durante a evolução na avenida, o que fez com que a escola jogasse fora o que seria um desfile de campeão. Mocidade foi uma decepção em todos os sentidos. E a Porto da Pedra apesar de aparecer muito bonita na Sapucaí, mostrou um desfile frio e totalmente distante do público.
A Beija-Flor terminou a segunda-feira de desfiles com problemas na comissão logo no início da apresentação, o que fez com que a escola esfriasse. Além de não ter apresentado um diferencial, nem alguma coisa que pudesse levantar o público.