O que há com o carnaval?

É verdade. Desde o carnaval estou afastado desta coluna. Poderia usar como desculpa o fato de a minha vida ter mudado completamente nos últimos meses em vários aspectos e de que essas mudanças estão ocupando muito do meu tempo. Não seria mentira. Até eu mesmo estava acreditando nisso. Até que a ficha caiu.

Estou um pouco desapontado e decepcionado com o carnaval. E me parece que grande parte das pessoas que fazem e amam a festa também andam assim. Tenho a impressão de que ninguém está muito interessado. Até agora, por exemplo, a gente não sabe se a campeã do Grupo A realmente vai subir, se a vice também irá, ou mesmo se as “rebaixadas” cairão de verdade. A gente também não sabe quantas escolas teremos no Grupo Especial e muito menos quem organizará os desfiles dos grupos de acesso: do primeiro ao último.

A gente sabe, por enquanto, que o carnaval 2013 terá alguns enredos complicados e outros que prometem ser interessantes. E só. Não há sinal nem de finalização das obras da inacabada passarela do samba. E já estamos em junho, pertinho do início do segundo semestre. É hora de acordar? Ou só eu estou “dormindo”?

Comente: