O samba diz amém e Mocidade Alegre é tricampeã do carnaval de São Paulo

 

 

Acostumada a brigar pelo título do carnaval paulistano, a Mocidade Alegre conquistou seu terceiro campeonato consecutivo e décimo da sua história, na tarde desta terça-feira, e pôde, finalmente, soltar o grito de tricampeã, fato que não acontecia desde o início da década de setenta. O verdadeiro baile que se viu no Sambódromo do Anhembi na madrugada de domingo se materializou em notas e a Morada do Samba, com 269,7 pontos, venceu a disputa, três décimos à frente da Rosas de Ouro, vice campeã pelo terceiro carnaval seguido.  A presidente da escola, Solange Bichara, que esteve tensa durante a leitura de todas as notas, se entregou às lágrimas com a confirmação do resultado.

– Estava sem barracão. A gente conseguiu construir tudo na última hora. Agradeço muito ao meu barracão, eles foram demais. Quando a gente quer o bem dos outros, recebemos o bem de volta. As coisas acontecem na pista, é uma conscientização. Não pode cantar a vitória antes, e a Mocidade é assim, pé no chão. Agora sim, vamos comemorar.

# CLIQUE AQUI E VEJA COMO FOI O DESFILE DA MOCIDADE ALEGRE

A Mocidade Alegre liderou a disputa durante quase o tempo todo. Porém, após o quinto quesito, a escola caiu para a terceira posição. Apesar do contratempo, Mestre Sombra se manteve tranquilo durante a abertura dos envelopes.

– É, eu sou um pouco mais tranquilo que a Solange durante a apuração. Ela não entendeu ainda que tinha dado certo. A humildade e respeito dela com as outras coirmãs não deixaram entender que a terceira nota já valia. Mas agora vamos comemorar.

# VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DESFILE DA MOCIDADE ALEGRE

O carnavalesco Sidnei França destacou a importância da comunidade do Limão para a histórica conquista da sua escola.

– O grande trunfo foi abraçar toda a comunidade com esse enredo. Esse tricampeonato vem pra coroar toda a humildade dessa comunidade, que é simples e guerreira.

DESFILE DAS CAMPEÃS

Além de Mocidade Alegre e Rosas de Ouros, o desfile das campeãs que acontece na próxima sexta-feira, no Sambódromo do Anhembi, terá a participação de Águia de Ouro, terceira colocada com 269,3 pontos, Acadêmicos do Tucuruvi, que obteve 269,1 pontos e Dragões da Real, que alcançou o quinto lugar com 269,1, alem da presença de Unidos de Vila Maria e Mancha Verde, campeã e vice do Grupo  de Acesso.

REBAIXADAS PARA O GRUPO DE ACESSO

Após conquistarem o retorno à elite do samba paulistano no último ano, Pérola Negra e Leandro de Itaquera terminaram nas duas últimas colocações e foram rebaixadas para desfilar no Grupo  de Acesso, em 2015.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

Mocidade Alegre – 269,7
Rosas de Ouro – 269,4
Águia de Ouro – 269,3
Acadêmicos do Tucuruvi – 269,1
Dragões da Real – 269,1
Acadêmicos do Tatuapé – 268,9
Tom Maior – 268,8
Império de Casa Verde – 268,5
Vai-Vai – 268,2
Gaviões da Fiel – 268
X-9 – 268
Nenê de Vila Matilde – 267,5
Pérola Negra – 267,1
Leandro de Itaquera – 266,4

Comente: