Operação especial da prefeitura para o Carnaval começa neste sábado com aumento de efetivo

 

 

O esquema especial realizado pela prefeitura do Rio e algumas secretarias para o Carnaval 2014 já vai poder ser visto nas ruas da cidade a partir deste sábado, quando tradicionais blocos já desfilam, como o Imprensa que eu Gamo e a Banda de Ipanema. Em uma coletiva no Centro de Operações da prefeitura foi divulgado todo o planejamento para a folia. – O bloco da prefeitura já vai para a rua junto com os foliões. O carnaval já começou, disse ao abrir a coletiva o secretário de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Mello.

Durante o evento o secretário municipal de Ordem Pública, Alexander Vieira da Costa, disse que a repressão aos pequenos delitos urbanos vai aumentar no carnaval. – Faremos uma cruzada contra os mijões, desde 2010 já foram detidas 2.959 pessoas urinando em via pública no período do carnaval, afirmou Alexander. A Seop anunciou um aumento de 11% em seus agentes de controle em relação ao último carnaval.

De acordo com o secretário de Turismo não se pode confundir folia com baderna. – É claro que vamos ter uma compreensão maior com os foliões, afinal é carnaval. Mas tanto eles quanto os blocos precisam entender que a cidade não pode parar totalmente. As regras precisam ser respeitadas por todos para um carnaval tranqüilo, avisou Anônio Pedro.

Mudanças no esquema de trânsito na Lapa e na Zona Sul

O trânsito sempre é o grande fator de reclamação do carioca nos dias de carnaval, uma vez que os blocos causam interdições em diversas vias e os engarrafamentos se tornam uma enorme dor de cabeça para os moradores das localidades onde desfilam os blocos, principalmente os de maior apelo.

O secretário de Transportes, Carlos Roberto Osório, anunciou mudanças no esquema em relação ao Carnaval 2013. – As principais alterações se dão na Lapa, por conta das obras do Porto Maravilha no Centro e na Lagoa, onde a partir deste sábado e até o dia 09/03 está proibido estacionar na orla, como é feito no esquema da inauguração da árvore da Lagoa, explicou Osório.

Para Carlos Roberto Osório o esquema especial da prefeitura para o carnaval de rua é mais desafiador que as Olimpíadas de 2016. – Nos jogos serão 303 eventos em locais fechados, com bilheteria. No carnaval são mais de 400 blocos em via pública, sem a cobrança de ingressos. Um desafio muito maior, disse. 

A grande novidade no Carnaval 2014 será a participação da secretaria de Saúde, que vai disponibilizar sete pontos de atendimento ao folião no Centro, Copacabana , Ipanema e Leblon, localidades que concentram a maior quantidade de foliões. De acordo com a secretaria de Saúde serão 22 leitos disponíveis nestes postos e um total de 43 profissionais de saúde entre médicos, enfermeiros e técnicos.

Outra preocupação da população durante o carnaval é com o lixo, uma vez que são milhares de foliões que deixam um rastro de sujeira por onde passam os blocos. De acordo com presidente da Comlurb, Vinicius Roriz, o esquema de limpeza será semelhante ao utilizado no Reveillon de Copacabana e na Jornada Mundial da Juventude. – Tivemos um aumento de 116% no número de garis e de 133% no de cointêiners. Mas precisamos da colaboração das pessoas também, disse Vinicius, que também anunciou que a campanha do Lixo Zero vai continuar no carnaval.

Comente: