Ouça o samba do Salgueiro para o Carnaval de 2012

Autores: Marcelo Motta, Tico do Gato, Ribeirinho, Dílson Marimba, Domingos PS e Diego Tavares

SOU "CABRA DA PESTE"
OH MINHA "FIA", EU VIM DE LONGE PRO SALGUEIRO
EM TROVAS, ERRANTE, GUARDEI
RAINHAS E REIS E ATÉ HERÓICO BANDOLEIRO
NA FEIRA VI O MEU REINADO QUE SURGIA
QUAL FOLHETIM, MAIS UM "CADIM, VIXE MARIA!"
OS DOZE DO IMPERADOR
QUE CONQUISTOU O ROMANCEIRO POPULAR
VIAGEM NA BARCA, A AVE ENCANTADA
AMOR QUE VENCE NA LENDA
MISTÉRIO PAIRANDO NO AR

CABRA MACHO JUSTICEIRO
VIRGULINO, É LAMPIÃO!
SALVE, ANTÔNIO CONSELHEIRO
O PROFETA DO SERTÃO

VÁ DE RETRO, SAI ASSOMBRAÇÃO
VOLTA PRA ILUSÃO DO ALÉM
NO REPENTE DO VERSO
O "BICHO" PERVERSO NÃO PEGA NINGUÉM
OH MEU "PADINHO", VENHA ME ABENÇOAR
MEU SANTO É FORTE, DESSE "CÃO" VAI ME APARTAR
QUERO CHEGAR AO CÉU NUM SONHO DIVINAL…
É CARNAVAL! É CARNAVAL!
SALGUEIRO, TEUS TROVADORES SÃO POETAS DA CANÇÃO
TRAZ SUA CÔRTE, É DIA DE COROAÇÃO
NÃO SE "AVEXE" NÃO

SALGUEIRO É AMOR QUE MORA NO PEITO
COM TODO RESPEITO, O REI DA FOLIA
EU SOU O CORDEL BRANCO E ENCARNADO
"DANADO" PRA VERSAR NA ACADEMIA