Parceria de J Veloso vence disputa de samba na Beija-Flor

'Sou Manga Larga Marchador!/Um vencedor, meu limite é o céu!/Eu vim brilhar com a Beija-Flor…/Valente guerreiro, amigo fiel!'. Com esse refrão principal, a parceria de J Veloso, Ribeirinho, Marquinho Beija-Flor, Gilberto, Silvio Romai e Dilson Marimba venceu a disputa de samba-enredo da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2013. Na hora do anúncio, o diretor de carnaval Laíla disse que 'sem Anísio, a Beija-Flor fica capenga'. – Ano passado, nós tivemos várias coisas que ninguém esperava. Buscamos da melhor maneira dar para nossa escola o samba que teve maior pontuação durante todo o concurso – afirmou.


* Ouça o samba da Beija-Flor para o Carnaval 2013


Laíla também comentou o enredo para 2013 e o samba vencedor. –  Eu não fiquei chateado com críticas ao enredo de 2013, porque entendo que ele foi mal lançado. Nossa resposta será o trabalho que vamos fazer junto de um grande samba. A comunidade precisa gostar e isso nós sabemos fazer com perfeição. A escola é muito bem ensaiada e temos um projeto muito grande para o carnaval – explicou.


* Veja aqui galeria de fotos da final


O compositor Ribeirinho disse a emoção que estava sentindo com a vitória. – O que aconteceu foi mais que maravilhoso. Até porque eu estou retornando a escola. Em 2011, eu perdi na final e no ano passado fui para o Salgueiro e ganhei. Retornei e aqui é o meu lugar – afirmou o compositor que venceu pela terceira vez na escola. – A disputa foi muito forte. Todos vieram bem. O enredo que parecia difícil ficou fácil para os grandes compositores que temos aqui na escola. Eu estou muito feliz e fica meu respeito a todos os compositores dessa escola.


O diretor de carnaval da Beija-Flor contou ainda como está sua saúde, já que passou mal durante a semana e foi parar no hospital. – Eu trabalho muito e não paro. Saí do hospital sem ordem médica e tive que assinar um termo de responsabilidade, porque eu tinha que começar a gravaçao do CD do Grupo Especial e também a final da Beija-Flor. Se eu não faço nada disso, aí sim teria um infarto (risos). Mas está controlado, eu tenho um caminho a seguir, mas não posso fazer determinadas coisas e vou segurar. Mas se Deus quiser papai do céu vai me ajudar e vou poder colaborar fazendo o que eu gosto.


O carnavalesco Fran-Sérgio disse como estão os prepativos para o desfile do ano que vem no barracão. – É o mesmo planejamento de outros anos, acredito até que esse ano será melhor. Estamos ainda mais organizados, com um esquema de trabalho muito bom, nós esperamos que até o final de dezembro estaremos com o carnaval concluído e em janeiro ficar só nos retoques. A Beija-Flor está um pouquinho mordida, a gente sempre almeja o título e estamos com um enredo fantástico de um animal que sempre foi amigo do homem e fez parte da evolução da humanidade e estamos investindo muito nesse ano.


Segundo Fran, a sinopse foi bem entendida pelos compositores. – Tivemos uma boa safra. Temos certeza que ao longo do concurso, com todos votando, estamos cientes que venceu o melhor samba e que vai ajudar e muito a escola na Avenida. Vamos contar muito bem a história do cavalo Mangalarga Marchador que é uma raça brasileira e vamos contar desde a criação dele na pré-história. 


Em conversa com o site CARNAVALESCO, a porta-bandeira Selminha Sorriso disse que a preparação já é forte para o desfile. – Já estamos conversando com a comissão de carnaval. Eu costumo opinar. Mas prometi que iria opinar menos (risos). Essa conversa é muito boa, primeiro com a comissão e depois com o estilista que no nosso caso é o Edmilson. Ele nos dá total liberdade de opinar. O que fica comprometido, caso a roupa não fique boa, é a evolução, aí podemos jogar tudo fora, não só a nossa nota, mas sim de toda a escola.


Como foram as apresentações

Parceria de Wilsinho Paz: – Um samba forte e Nino do Milênio fez uma boa apresentação, não ficou devendo na noite. Porém, a torcida quando solicitada ficou devendo e o samba caiu um pouco de produção o que foi contornado ao voltar para o palco. Durante as duas passdas sem bateria, cerca de 15 pessoas faziam coreografia na frente do palco. Depois que a bateria entrou no samba, a torcida que estava mais atrás veio para frente do palco, muito animada, porém, novamente cantando pouco o samba. *Clique aqui e veja o vídeo da apresentação
    
Parceria de Amendoim do Samba – Com Tigana comandando o palco, o samba passou durante seus 25 minutos bem na quadra. As baianas saíram das mesas e foram dançar e cantar em frente ao palco. Foi o primeiro samba da noite que teve participação de algum segmento. A torcida, que por sinal estava grande, ajudou nos momentos pedidos. Mais uma vez, pessoas dançavam enquanto a parceria cantava o samba. Pessoas vestidas de ciganas dançavam sem parar cantando o samba. * Clique aqui e veja o vídeo da apresentação

Parceria de J Veloso – Samba que a comunidade abraçou. Todas as baianas se levantaram da mesa e junto com a velha guarda dançaram e cantaram muito. Nos camarotes a mesma movimentação. Quando solicitada a torcida não decepcionou. Voltando ao palco, Tinga e Luizinho Andanças cantaram muito. A melhor apresentação da noite. Por falar em torcida, os compositores nao pensaram duas vezes, show pirotécnico no palco, uma banda na entrada e fechando um cavalheiro em cima de um cavalo. * Clique aqui e veja o vídeo da apresentação

Parceria de Marcelo Guimarães – Com um palco e uma torcida muito animada, o samba passou bem na voz de Ito Melodia. Quando necessitada a torcida deixou cair o samba na segunda parte, na volta ao palco os cantores continuaram levando bem. Podemos destacar o refrão do samba, que mesmo diferente, era cantado por muitos na quadra. * Clique aqui e veja o vídeo da apresentação
 

Luis Carlos Magalhães comenta

Comente: