Paulo Barros diz que suas ideias surgem de diversos lugares

Em mais um desfile de muita criatividade, Paulo Barros comenta a apresentação da Unidos da Tijuca no Carnaval 2012:

– Gostaria de ter uma panela de ideias, elas surgem de diversos lugares e acho que isso acontece devido ao tesão que tenho pelo meu trabalho.

O trabalho foi considerado de sucesso pelo carnavalesco que acredita que conseguiu passar ao público a leitura do enredo. – Não foi um enredo decidido por mim, mas a partir do momento que me entregaram o tema, eu abracei a ideia com alegria.

Ele ainda explicou a comissão de frente da Unidos da Tijuca em 2012: – Conheci o romeno (que fez a mola na comissão de frente) há dois anos em uma apresentação em Orlando, nos EUA. Aquilo ficou na minha cabeça. A ideia era mostrar que de dentro da sanfona saia a alma do instrumento. E a alma da sanfona é o movimento – explicou o carnavalesco.