Porto da Pedra próxima de mudança no comando

 

 

Única escola entre todas as que desfilarão na Marquês de Sapucaí em 2013 a não ter anunciado o enredo, a Unidos do Porto da Pedra deverá passar por uma mudança em seu comando nos próximos dias. Presidindo a agremiação desde novembro de 2010, Francisco José Marins deixará o cargo em breve. Ainda não se sabe o motivo da mudança e nem quem irá assumir o posto, mas uma resolução acontecerá dentro de 15 dias. A reportagem do site CARNAVALESCO tentou desde a tarde desta terça-feira entrar em contato com o dirigente, mas não obteve sucesso.

Até mesmo em razão dessa mudança, as questões burocráticas que envolvem o anúncio do enredo ainda não foram definidas. A agremiação conta com uma proposta de enredo patrocinado e o tema falaria sobre a Feira de São Cristóvão. Há também a remota hipótese de reedição do samba-enredo de 1996 – ‘’Um carnaval dos carnavais’’ -, quando a Porto da Pedra foi a nona colocada em sua estreia no Grupo Especial.

Antes de tornar-se presidente da Porto da Pedra, Francisco José Marins foi compositor e diretor Cultural e de Desenvolvimento da agremiação. Além disso, é gerente da Área de Educação e Cultura Empreendedora do SEBRAE/RJ e é visto como um dirigente de visão diferenciada e moderna no mundo do samba. Chiquinho, como é carinhosamente chamado dentro da Porto da Pedra, assumiu a presidência após a renúncia de Uberlan Jorge de Oliveira.

A Vermelho e Branco de São Gonçalo será a segunda escola a entrar na Avenida na sexta-feira de carnaval, pelo Grupo Ouro. Depois de onze carnavais consecutivos na elite do samba, a Porto da Pedra volta ao Grupo de Acesso, onde foi campeã em duas ocasiões – 1995 e 2001.

Comente: