Porto da Pedra terá final com entrada franca até meia-noite e decisão virá de colegiado

e-hoje-porto-da-pedraA Unidos do Porto da Pedra escolhe na noite desta sexta-feira em sua quadra em São Gonçalo o samba-enredo para o Carnaval 2018, quando a vermelha e branca apresenta o enredo ‘Rainhas do Rádio – Nas Ondas da Emoção, o Tigre Coroa as Divas da Canção!’. A noite promete fortes emoções. Como é tradição na escola serão quatro parcerias na grande decisão. Foram seis obras inscritas no concurso.

O diretor de harmonia e integrante da comissão de carnaval da Porto da Pedra, Amauri de Oliveira concedeu entrevista ao site CARNAVALESCO em que minimizou a reduzida quantidade de sambas inscritos, alegando que as obras estiveram adequadas ao que foi proposto na sinopse.

– Apesar de terem sido apenas seis sambas inscritos como no ano passado, esse ano abrimos mais a ala para reduzir gastos, e eu achei a safra bastante adequada para aquilo que esperávamos. Em nenhuma votação de corte houve unanimidade. Serão quatro sambas na final como é nossa tradição – afirma o dirigente.

Amauri pondera que a decisão não será uma tarefa fácil, mas dá a entender que o samba campeão vai precisar conduzir um bom desfile da agremiação no aspecto do canto da comunidade.

– Será uma escolha difícil. O samba campeão deve ter uma melodia boa, uma obra confortável para o componente cantar. Tenho dois mil integrantes que precisam estar na mesma empolgação e tom do intérprete. Não pode acabar com 10, 15 minutos. A boa interpretação do cantor apenas não basta no desfile – explica.

Colegiado escolherá campeão e cada apresentação terá 25 minutos

Serão quatro as parcerias finalistas. Os sambas de Fernando Macaco, Vadinho, Jarrão, Professor José Ricardo, Celinho, Pierre, Bruno Falcão e Alexandre Borges; Ailson Picanço, Robson Lourenço, Leandro Gaúcho, Edu Chagas, Nino Smith, Felipe Paixão, Cristiano Teles e Guga Martins; Bira, Oscar Bessa, Duda Sg, Márcio Rangel, Alexandre Villela, Guilherme Andrade, Adelyr, Bruno Soares e Rafael Raçudo; Evaldo, Rod Torres, Jedir Brisa, Paulo Beckham, Alcineu Figueira, Miltinho, Floriano do Caranguejo, Waldeir Melodia e Renato Brisa.

Cada parceria terá 25 minutos para se apresentar e o tempo passará a contar a partir do grito de guerra. A primeira passada se dará sem bateria e as demais com o auxílio da Ritmo Feroz de mestre Pablo. Segundo Amauri Santos a possibilidade de junção é nula. Ele também explica como será a decisão para a escolha do samba campeão.

– Há uma espécie de colegiado com os segmentos para definir. Eu (Amauri), Luizinho Andanças, Jaime Cezário, o mestre Pablo. Os profissionais envolvidos na estrutura de carnaval. Ao término da disputa convoca-se uma reunião e o voto de cada um é pedido com uma justificativa. O presidente costuma respeitar essa decisão – afirma.

Final de Samba da Porto da Pedra para o Carnaval 2017

Sexta-feira, 1 de setembro
Abertura: 22h
DJ: 23h
Show da Escola: 00h
Apresentação dos sambas finalistas: 02h
Formas de Apresentação: 25 minutos (1 passada sem bateria)
Ingresso: Gratuiuto até 00h, após R$ 10.
Rua João Silva, 84 – Porto da Pedra – São Gonçalo
Ônibus: 110 (Centro do Rio de Janeiro – São Gonçalo); 443 (Terminal de Niterói – São Gonçalo)
Táxi a partir do Centro do Rio: R$ 77
Táxi a partir da Zona Sul: R$ 83
Táxi a partir da Tijuca: R$ 78,50

Um comentário em “Porto da Pedra terá final com entrada franca até meia-noite e decisão virá de colegiado

Os comentários estão desativados.