Prêmio Estrela do Carnaval de Revelação 2018, Celsinho e Grazzi vibram com vitória no Rio

tuiuti_06112017-42Intérprete bicampeão no carnaval paulistano pela Tatuapé, Celsinho Mody ganhou o prêmio Estrela do Carnaval 2018 na categoria Revelação, ao lado de Grazzi Brasil, que reforçou o time cantores do Paraíso do Tuiuti em 2018. A festa de premiação acontece no dia 11 de março, a partir das 13h, na quadra do Salgueiro. A camisa-convite antecipada sai por R$ 40 e com direito ao prato de feijoada. No dia do evento, o ingresso de entrada e feijoada custará R$ 50.

– Eu sou uma pessoa que trago no meu dia a dia toda a força e a luta dos meus ancestrais, das pessoas que lutaram para eu chegar onde eu estou e o enredo do Tuiuti representava isso. São as pessoas que vivem no cativeiro e querem ter voz. Me sinto muito honrado em representar isso, vindo lá de São Paulo para cantar no Rio de Janeiro, o berço das escolas de samba. Foi um grande presente. Uma das maiores surpresas da minha vida foi receber o Estrela do Carnaval cantando no palco onde meus maiores ídolos cantaram. Jamelão, Neguinho da Beija-flor, tantos outros. É muito gratificante e isso mostra que vale a pena acreditar nos nossos sonhos – declara emocionado Celsinho.

banner_estrela2018

tuiuti_ciatec_26102017img_1984-copyGrazzi dividiu o microfone do Vai-Vai em São Paulo com Gilsinho, mas foi aqui no Rio de Janeiro a maior emoção vivida no Carnaval 2018. O vice-campeonato do Paraíso do Tuiuti com o samba-enredo/lamento rendeu a cantora o prêmio Estrela do Carnaval 2018 de Revelação ao lado do parceiro Celsinho Mody.

– O desfile foi uma loucura. Só coisas boas, eu não imaginava tanto, estou muito feliz. Sapucaí tem uma energia diferente. Venho de uma escola de samba paulista que tem um chão maravilhoso, mas esse samba do Tuiuti foi demais, ele é encantado, não sei explicar. Tive a honra de gravá-lo e as pessoas puderam passar a me conhecer ainda mais. Foi uma oportunidade única de mostrar meu trabalho e o quanto eu amo e respeito a música. Minha palavra é gratidão.

Nino do Milênio comemorou sua primeira oportunidade no Grupo Especial. Jovem cantor, ao lado de Celsinho e Grazzi interpretou o elogiado samba-enredo da azul e amarela de São Cristóvão num desfile histórico e inesquecível para sua carreira.

– É uma ficha que não caiu ainda. Uma estreia com um vice-campeonato posso me considerar um cara de pé quente. Estou muito feliz. A comunidade merece, o Tuiuti merece toda essa glória no carnaval. Foi fácil dividir o microfone com Celsinho e Grazzi. Quando é com pessoas que cantam tanto quanto os dois, o trabalho fica melhor. Os dois tem voz nivelada, a gente canta parecido melodicamente falando. Tudo fluiu naturalmente e estou muito satisfeito com o resultado final – avalia Nino.