Presidente da Renascer diz que problema do despejo não está resolvido

Estreante no Grupo Especial do carnaval carioca, a Renascer de Jacarepaguá terá que deixar o ‘Carandiru’, galpão que pertence a Secretaria de Patrimônio (Governo Federal), localizado próximo ao terminal rodoviário Novo Rio, neste sábado, de acordo com ordem judicial expedida pela juíza substituta da 15ª Vara Federal Alessandra Belfort Bueno Fernandes de Castro. Segundo a prefeitura, a Renascer de Jacarepaguá será acomodada próximo à Cidade do Samba, no lugar da Acadêmicos de Santa Cruz, do grupo A, que irá para um local no Bairro do Caju. O presidente da Renascer de Jacarepaguá, Antônio Carlos Salomão, ressalta, no entanto, que o problema do despejo não está resolvido.

– A Acadêmicos de Santa Cruz não pode tirar suas coisas da noite para o dia e amanhã este espaço não estará livre. Nós já visitamos o local e constatamos também que lá não cabem nossas alegorias, que já estão em estágio bem avançado de produção. Eu vou acatar a ordem judicial, mas eu quero saber como e para onde vão levar nossas alegorias, fantasias, equipamentos e materiais que estão estocados – afirmou Salomão.

– É mais um prejuízo que somamos ao nosso carnaval, pois começamos a preparar tudo em abril e desse tempo para cá, são incalculáveis os contra tempos que tivemos, pelo fato de não termos barracão na Cidade do Samba. Não sei ao certo como será o novo local e nem se caberão todas as nossas alegorias, esculturas e fantasias já prontos – preocupa-se Edson Pereira, carnavalesco da Renascer de Jacarepaguá.

Com cinco alegorias praticamente prontas, a Vermelho e Branco da Zona Oeste não sabe ao certo como será retomado todo o trabalho em um novo e improvisado local. – É o nosso primeiro carnaval no Grupo Especial e não vamos fazer feio. Com ou sem estrutura, nós vamos terminar o nosso trabalho – garantiu Antônio Carlos Salomão, presidente da escola, sem esconder o nervosismo e a apreensão.

Campeã do Grupo de Acesso A no carnaval deste ano, a Renascer de Jacarepaguá estreia no Grupo Especial em 2012, abrindo o desfile da elite do carnaval no domingo. Intitulado “O artista da alegria dá o tom na folia”, o enredo da Renascer conta vida e obra do artista plástico Romero Britto.