Presidente de honra da Grande Rio: ‘Quem tem amigo não morre pagão’

granderio_jupaes_250820173ea100ab-156c-45da-94af-96cbb07aa895-copyMuito antes da decisão da plenária com os presidentes das escolas de samba do Grupo Especial que cancelou o rebaixamento da Grande Rio e do Império Serrano, o presidente de honra da escola de Duque de Caxias, Helinho de Oliveira, falou sobre o resultado ao site Sambarazzo.

– Quem tem amigo não morre pagão – disse o presidente de honra da Grande Rio, Helinho de Oliveira, antes da plenária na Liesa.

Helinho de Oliveira agradeceu o apoio das dez escolas que votaram pela manutenção da Grande Rio e Império Serrano no Especial em 2019.

– Falou mais alto o sentimento e o coração. Duas escolas que eram contra, Viradouro e Vila Isabel, ficaram a favor. Não teve nenhuma quebra de regulamento. Os corações das escolas co-irmãs querem a Grande Rio. Estamos há 25 anos fazendo grades carnavais. Estamos muito satisfeitos e agradecemos as co-irmãs. A Portela e Mangueira tem direito de votar pelo regulamento. Aqui (na Liesa), a plenária é maioria. Agradeço muito ao prefeito de Caxias que comprou essa briga desde o começo – frisou.

O presidente da Grande Rio, Milton Perácio, também comentou a decisão.

– A felicidade reina dentro do meu peito. A Grande Rio sempre engrandeceu o carnaval do Rio de Janeiro. E ficar fora do carnaval seria uma grande tristeza. Peço desculpas para todos pelos erros cometidos, que não vão acontecer mais.

2 comentários em “Presidente de honra da Grande Rio: ‘Quem tem amigo não morre pagão’

Os comentários estão desativados.