Presidente do Império Serrano apresenta declaração sobre disputa eleitoral na escola

 

 

"Infelizmente esse Senhor Cosme Chagas, Presidente do Conselho Deliberativo vem agindo de forma discricionária. Ele até hoje nunca foi à quadra procurar o Conselho Diretor para reuniões e saber do andamento dos trabalhos. O Estatuto da Escola é muito claro no parágrafo segundo do artigo 10 " Estará com seus direito sociais suspensos, não podendo participar de quaisquer reuniões, e, também,não poderá exercer quaisquer cargos de direção o associado que mantiver pendência jurídica em oposição a Agremiação, seja na condição de sujeito ativo, ou seja,na condição de sujeito passivo, enquanto pender de decisão judicial definitiva."

No caso o Senhor Cosme Chagas moveu ação contra a escola requerendo que apenas os sócios que votaram nas últimas eleições pudessem estar aptos a votar nesta eleição. Seu pedido foi julgado IMPROCEDENTE devido estar previsto no estatuto que sócios sócios com um ano no quadro social e em dia com suas obrigações estão aptos a votar,porém  Sr Cosme recorreu, logo o mesmo encontra-se suspenso enquanto não houver uma definição judicial definitiva. Após isso o Sr Cosme pode retornar normalmente à Presidência do Conselho e convocar as reuniões e eu estarei sempre disponível para explicar tudo que for necessário. 

O Sr Cosme vem agindo faz tempo de maneira ditatorial durante as reuniões, não deixando os Conselheiros contestarem, esquecendo que ele representa a vontade de um colegiado e não sua vontade pessoal, mas todos sabemos as verdadeiras intenções, pois em reportagem deste mesmo site o atual Presidente do Conselho Deliberativo estava em lançamento de Chapa concorrente ao próximo pleito.O seu Vice-Presidente do Conselho Deliberativo já faleceu tem mais de um ano e ele tinha obrigação de convocar reunião para escolher um novo vice, mas também não o fez para continuar mandar sozinho no Conselho trabalhando.Todos sabemos que infelizmente ele prefere ir às reuniões de uma chapa concorrente do que vir aqui na quadra se reunir com nosso conselho. Realmente não entendemos o porque da intenção de me suspender de maneira ilegal,sem motivos, faltando 10 dias para eleição em que eu mesmo já declarei que não vou concorrer. Tenho uma história dentro da escola, além de estar completando meu mandato como Presidente,tive anos de dedicação a essa escola,ganhei título de sócio honorário por serviços prestados, não entendo realmente o porque disso agora! Querem tumultuar o final do meu mandato, mas não vou permitir! Ele convocou duas reuniões do Conselho em menos de 20 dias, quem pagou por esses editais? Qual o interesse? Isso leva a acreditar que tem gente com interesses escusos por trás disso! Porque essa perseguição desde o dia que entrei legalmente para a Presidência do Império? 

Na quadra ontem estavam apenas os funcionários que todos já conhecem, desconheço que haviam seguranças fortemente armados. O que me foi relatado é que não sei qual foi a causa, O Presidente do Conselho e seu advogado queriam entrar na quadra acompanhados de 4 seguranças cada um, o Império é uma escola de família, não necessita disso.

Em relação à reunião realizada fora da quadra,consultei meu corpo jurídico, e sabemos que não tem a menor validade, pois além de estar suspenso para presidir, o mesmo não cumpriu os ritos legais de uma reunião de Conselho Deliberativo,e sem contar que o local do Livro Ata é a sede do Império Serrano, e nunca um advogado que não é membro do conselho pode dirigir qualquer reunião e nem permanecer com o livro sob seu poder. Infelizmente já notificamos que o livro pertence a escola e caso não seja devolvido teremos que dar parte. Mas não queremos fazer isso, podemos resolver tudo através de uma conversa!

. Quando concorremos nas eleições passadas não tentamos nenhum tipo de artimanha ou golpe, apenas disputamos o pleito com as demais chapas e vencemos.No próximo pleito que os sócios escolham a chapa de sua preferência sem brigas. Desejo apenas terminar meu mandato que é de 3 anos e desejar sorte para a Chapa que sair vencedora das eleições no dia 18 de maio pois terá grandes desafios pela frente. Esse tipo de coisa somente denigre a imagem de nossa escola. 

Hoje recebi muitos telefonemas de vários conselheiros, tristes coma situação, envergonhados de serem representados por este Presidente do Deliberativo, e que a punição saiu até tardiamente. A verdade é que nunca fui a favor disso, a punição é automática no artigo 10 do estatuto. Sempre fuie serei a favor do diálogo para resolvermos e esclarecermos as coisas. 

Desejamos que as eleições transcorram de maneira pacífica no dia 18 de maio e que as chapas se respeitem e se unam após o pleito, afinal todos são Império Serrano. Podemos sentar e fazer um trato de paz em favor do Império Serrano. Chega de perdermos para nós mesmos!

Atenciosamente,

Presidente Átila Gomes"

Comente: