Produtor do CD do Grupo Especial ressalta qualidade dos sambas

Aguardado pelos amantes do carnaval, o CD das escolas de samba do Grupo Especial está pronto. O que para uns pode servir como presente de natal, para outros serve de recordação. Ainda há aqueles que colecionam e matam a curiosidade de como será o samba que vai embalar a sua escola na Avenida. Terminadas as gravações do CD das escolas de samba do Grupo Especial para 2012, um dos produtores musicais responsáveis pela obra, Mário Jorge Bruno, falou ao site CARNAVALESCO sobre o trabalho, que durou aproximadamente 15 dias – incluindo a gravação na Cidade do Samba (bateria e coro) e estúdio (vozes dos intérpretes e convidados).

As semelhanças e diferenças com relação à gravação do ano passado

“Existe uma evolução natural do trabalho. O formato é o mesmo dos últimos anos. A novidade desse ano será a apresentação das escolas feita pelo Jorge Perlingeiro, que fará uma alusão ao enredo e, em seguida, anunciará o intérprete. O disco, como no ano passado, é direto, todos os sambas ligados. Esse ano, demos um valor também à parte harmônica e aos arranjos que as escolas criaram”.

Sobre os sambas escolhidos

“A qualidade dos sambas estão sensacionais, e isso ajuda muito. Os enredos escolhidos pelas escolas contribuíram – e muito – para termos grandes sambas”.

Sobre o trabalho de gravação e a possibilidade do DVD

“Esse formato de gravação está legal. Ele é ágil e financeiramente mais viável. O problema todo é que o formato CD está deixando de existir. Eu estou sugerindo há uns três anos de fazermos também um DVD. Esse ano, fizemos um sobre os bastidores que, a princípio, não será comercializado. Foi apenas um piloto para avaliar o trabalho. A minha ideia e que já passei ao Zacarias (diretor artístico do CD) e ao Jorge Castanheira (presidente da Liesa) é a feitura de um DVD show”.

Venda do CD e festa de lançamento

“Muito provável que no dia 22 de novembro já esteja à venda. E a festa ainda não está fechada, mas deve ocorrer na Cidade do Samba, no dia 2 de dezembro".

Comente: