Público aprova festa do CD aberta e pede que evento entre para o calendário do Grupo Especial

Os sambistas finalmente ganharam uma festa de lançamento do CD para o Carnaval 2016 aberta ao público. O evento lotou a quadra do Salgueiro na última sexta-feira, com cerca de 2 mil ingressos vendidos. O público presente pôde curtir as 12 agremiações do Grupo Especial que apresentaram seus sambas para o próximo ano. Morador da Tijuca e torcedor da Mocidade Independente de Padre Miguel, José Carlos Rodrigues, que compareceu a festa com um grupo de amigos, achou a iniciativa fantástica. – Essa iniciativa foi fantástica. Em minha opinião, em todos os anos, deveria ter uma festa aberta ao público. Está todo mundo aqui, presidentes, diretores e o povo do samba. Isso é muito bom. Fico muito feliz de fazer parte de uma festa como essa, e considero um felizardo a pessoa que teve essa ideia, é, sem dúvida, um verdadeiro sambista.

O casal de namorados Bruna Cerqueira e Eduardo José, moradores de Vila Valqueire, ela torcedora da Portela e ele do Salgueiro, ressaltaram a união das escolas. – Esse evento já se tornou muito importante, uma vez que você acaba juntando todas as agremiações e o povo do samba em um mesmo ambiente. No samba é diferente do futebol, aqui está todo mundo integrado, unido, com respeito, se divertindo. Uma verdadeira confraternização do carnaval – afirmou Eduardo. – É uma ótima oportunidade de estarmos pertinho das figuras do carnaval que gostamos de assistir nos desfiles – revelou Bruna.

Fã do site CARNAVALESCO, morador do Grajaú e torcedor da Viradouro, Igor Moreti fez questão de participar da festa. – Sou torcedor da Viradouro e componente da Portela, amo carnaval. Achei essa iniciativa excepcional, é muito positivo para o carnaval todos terem acesso a uma festa como essa. O folião fica muito feliz e se sente ainda mais próximo do mundo do samba.

Iniciante nesse mundo do carnaval, Aline Freitas, namorada de Igor disse ter se sentido acolhida e revelou que pretende seguir os passos do namorado em breve, assim que o trabalho como farmacêutica permitir. – Está tudo muito bonito. Me senti acolhida e super à vontade aqui. Quem sabe no futuro eu não desfile também? 

Esposa de um componente da Harmonia do Salgueiro, Elaine Cirilo sempre fica de fora das festas realizada na Cidade do Samba. – Todo ano tem as festas na Cidade do Samba e eu acabo não indo por que é só para convidados. Então achei um máximo essa festa aberta à todos, assim podemos trazer a família, juntar os amigos e confraternizar.

Moradora de Vista Alegre, Gisele Santiago apoia totalmente a ideia da festa e já dá uma dica. – Maravilhosa essa ideia. Cada ano poderia ser em uma escola diferente, assim as pessoas ainda ganham mais oportunidades de conhecer outras quadras.

Integrante da comunidade do Salgueiro, frequentador assíduo da quadra e morador do Catumbi, Romulo dos Santos, marcou presença com a sua turma e afirmou que a presidente do Salgueiro foi muito feliz com a iniciativa. – A festa é uma grande oportunidade para as pessoas que não podem ir a Cidade do Samba se integrar mais ao samba e ao carnaval. A Regina e sua equipe, sem dúvida, foram muito felizes em realizar este evento.

​Torcedora do Salgueiro, Alzira Duarte veio de longe para curtir a festa. – Moro em São João de Meriti e sempre venho em todas as festas que o Salgueiro realiza essa em especial, está muito boa. Só fiquei triste que fiquei sem o CD. Quando cheguei já tinha acabado tudo. Mas sinal de que a festa está sendo um sucesso, né?

* VEJA AQUI: VÍDEOS DAS APRESENTAÇÕES DAS ESCOLAS

* GALERIA DE FOTOS DO EVENTO