Que luxo! Baianas do Porto da Pedra revivem rainhas do rádio

Por Matheus Emanuel

baianaportoA Porto da Pedra levou para a Avenida uma belíssima homenagem às cantoras do rádio e, nada mais justo do que representá-las através de uma das alas mais tradicionais do desfile, as baianas. As matriarcas da Vermelha e Branca cruzaram o Sambódromo com fantasias imponentes fazendo alusão às divas que marcaram a época de ouro do rádio.

Antes do desfile, nesta sexta-feira, o site CARNAVALESCO conversou com algumas baianas, que estavam emocionadas em poder homenagear seus ídolos, como é o caso de Vera Lúcia, que é baiana na Porto há mais de 17 anos.

– Minha relação com as rainhas do rádio é a melhor possível, gosto muito delas, desde a época em que eu era adolescente. Eu gostava muito da Emilinha Borba e da Dalva de Oliveira. A comunidade abraçou muito o enredo e acho que o Jaime Cezario acertou demais na montagem da nossa escola – disse a baiana de 64 anos.

As baianas vieram com uma indumentária extremamente elegante, que remete as musas do rádio. A roupa é predominante branca, com diversos detalhes em vermelho. bordada com várias notas musicais e um rádio retrô que é cercado por algumas estrelas que dão um brilho especial. Leci Vicente, de 72 anos se mostrou completamente emocionada para a nossa reportagem e declarou que a Porto da Pedra busca o acesso para o Grupo Especial.

– Eu acompanhava muito o concurso das rainhas do rádio, gostava muito da Emilinha e da Marlene. Senti uma emoção muito grande ao ver minhas referências de música sendo homenageadas pelas nossa Porto da Pedra. Tomara que a nossa escola suba para o Grupo Especial, pois lá é o nosso lugar – finalizou a componente da escola que desfila na agremiação há mais de cinco anos.