Quinho se emociona e Laíla elogia samba salgueirense durante gravação

A segunda escola do Grupo Especial a começar a gravação da sua faixa no cd oficial de 2012 foi o Acadêmicos do Salgueiro, que esteve na manhã desta terça-feira na Cidade do Samba. A Vermelho e Branco levou cerca de 100 pessoas para o seu coro e 40 ritmistas para dar ritmo ao samba de Marcelo Motta, Tico do Gato, Ribeirinho, Dilson Marimba, Domingos PS e Diego Tavares. Durante as gravações, dois fatos chamaram a atenção: primeiro o intérprete Quinho, que foi às lágrimas com o coro salgueirense e, por último, o diretor de carnaval da Beija-Flor e produtor do álbum, Laíla, que fez rasgados elogios ao samba do Salgueiro.

Veja galeria de fotos da presença salgueirense na Cidade do Samba

– Fiquei muito emocionado com o samba no gogó desse povo salgueirense. Quem torce pela escola vai se emocionar. Queremos fazer um trabalho sério e buscar o campeonato. No ano passado, erramos e sofremos um duro castigo. Apesar disso, conseguimos chegar ao desfile das campeãs, o que prova a qualidade do trabalho do Salgueiro – afirmou Quinho.

Além do elétrico Quinho, Serginho do Porto e Leonardo Bessa, que fazem parte do trio  de intérpretes salgueirense, participaram da gravação da base e já deram mostras de como será a interpretação da bela obra. Vale lembrar que nenhuma parte da letra foi alterada. Quinho revelou como o trio está se preparando para a semana que vem, quando eles entram em estúdio para finalizar a gravação.

– Nós não temos vaidade. O trabalho é voltado para o bem do Salgueiro, queremos o melhor para a escola. Ainda não conversamos sobre qual parte do samba cada um vai gravar, mas não teremos problemas quanto a isso. Na hora resolveremos tudo.

Em franca ascensão desde que Marcão assumiu o seu comando, a Furiosa bateria deu o show costumeiro. Gravou a base em apenas uma tentativa e colocou quatro bossas na faixa. Em uma delas, o trio que integrava o palco da parceria campeã, munidos de triangulo, sanfona e zabumba, participaram do desenho rítmico. Marcão afirmou que preparará mais novidades para o desfile.

– Foi muito bom. Gravamos tudo de uma vez só e o resultado não poderia ser melhor. Colocamos algumas bossas no cd, mas ainda tem mais. Não vai ser só isso aí não. Podem esperar a bateria do Salgueiro que ela vai vir quente.

O Salgueiro será a terceira escola a desfilar na segunda-feira de carnaval com o enredo Cordel Branco e Encarnado, desenvolvido pelos carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage.