Quitéria fica fora. Modelo paranaense é a nova rainha de bateria do Império Serrano

Foto: Ricardo Almeida/DivulgaçãoApós longo período de especulações em torno do nome da nova rainha de bateria do Império Serrano, o presidente da escola, Átila Gomes, finalmente bateu o martelo. A eleita para ocupar o cobiçado posto no Carnaval 2012 é a modelo paranaense Flávia Piana. Aos 21 anos, a beldade fará sua estreia na Marquês de Sapucaí à frente dos ritmistas de mestre Gilmar.

O convite para ser a nova rainha da verde e branco partiu do próprio presidente da agremiação, que após conhecer Flávia durante uma feijoada na quadra da escola, em Madureira, ficou encantado com a beleza e a simpatia da moça, que já é familiarizada com o samba e, há três anos, representa o Brasil como destaque do Brazilian Ball, evento mais importante do carnaval canadense.

– A Flávia foi a um ensaio na quadra e também foi conhecer nossa feijoada. Quando os meninos da bateria foram apresentados a ela, ficaram impressionados com a simpatia e com a beleza dela. Ela é uma mulher muito bonita e inteligente. Não é funkeira, popozuda, barraqueira. Ela é uma mulher de classe. O Império Serrano é uma escola com um ambiente familiar, então queríamos uma rainha nesse perfil. Além disso, precisávamos de alguém para se dedicar exclusivamente à escola, como faz a Luiza Brunet na Imperatriz e como a própria Quitéria Chagas fez enquanto esteve no Império. A Flávia é perfeita para o posto. Simpática, elegante, educada. Estou feliz da vida! – disse o presidente Átila.

Enquanto aguarda a data da festa de sua coroação, Flávia Piana comemora a escolha do Império Serrano e promete muita dedicação à frente dos 270 ritmistas da verde e branco.

– Fiquei surpresa, muito feliz e honrada com o convite. Quando fui à feijoada, estava há poucos meses no Rio de Janeiro e queria conhecer de perto uma escola de samba para me aproximar mais da cultura da cidade. Quando surgiu o convite, nem acreditei. Mas foi uma grata surpresa. Todos que estavam na feijoada me trataram muito bem, sobretudo o mestre Gilmar e o presidente Átila. Me apaixonei pelo Império imediatamente, mas não esperava o convite e sei da responsabilidade que é defender um posto tão disputado como esse. Mas vou procurar fazer o melhor para não decepcionar os imperianos. Vou me inspirar no carisma da Quitéria Chagas, que é muito querida pela escola, e na elegância da Luiza Brunet, que é uma linda rainha de bateria. Quanto ao samba no pé, vou buscar o meu próprio estilo até o carnaval, durante a maratona de ensaios na quadra e na Avenida – afirma Flávia, que além de modelo é estudante de Direito.

O enredo do Império Serrano para o ano que vem é em homenagem à cantora e compositora Ivone Lara e tem autoria do carnavalesco Mauro Quintaes. A escola está no Grupo de Acesso A.