Regina Celi diz que enredo do Salgueiro está 90% definido

 

 

O domingo é de festa para a nação salgueirense. Regina Celi foi reeleita por aclamação para comandar a escola por mais quatro anos. Jô Casemiro é o vice-presidente. Vale lembrar que a chapa dela foi a única que cumpriu todos os requisitos e estava habilitada para o pleito. Após a reeleição, Regina Celi conversou com a equipe do site CARNAVALESCO. Ela ressaltou que o Salgueiro é sua família e que considera todos os salgueirenses seus filhos.

– A minha primeira prioridade agora é definir o enredo para 2015. Posso dizer que 90% está decidido. O Renato Lage (carnavalesco) está muito entusiasmado com o enredo. É uma ideia diferente – afirmou a presidente do Salgueiro, que não deu nenhuma pista do que será feito.

Quinho perdeu carteira de sócio do Salgueiro

Em entrevista ao site CARNAVALESCO, Marcelo Montero, presidente da comissão eleitoral do Salgueiro, explicou qual foi o problema na chapa de Quinho. Segundo ele, o Salgueiro mudou seu estatuto e com isso foi realizado um recadastramento dos sócios, que começou em 2012. Dos 17 nomes apresentados por Quinho para compor a chapa, seis estavam irregulares, inclusive, Quinho que não fez o recadastramento e perdeu a carteira de sócio do Salgueiro. Mesmo assim, as chapas de Luiz Augusto Duran (Fu) e de Quinho tentaram na Justiça reverter a situação, mas não conseguiram. 

Equipe do Salgueiro está definida para 2015

Para o Carnaval de 2015, Regina Celi confirmou a manutenção do casal de carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage, do casal de mestre-sala e porta-bandeira, Sidclei e Marcella Alves, de mestre Marcão no comando da bateria, do coreógrafo Hélio Bejani na comissão de frente e de Leonardo Bessa e Serginho do Porto como os intérpretes oficiais. Quinho, que tentou disputar a eleição em uma chapa de oposição, mas não conseguiu cumprir os requisitos, não pertence mais ao quadro de cantores da escola.

Integrantes do Salgueiro falam da vitória de Regina Celi

Jô Casemiro, vice-presidente, pediu o título de campeão para finalizar o processo. – Em 2009, o Salgueiro ganhou com a Regina, mas ainda era o início da administração. Agora, a casa está totalmente reestruturada e o título será o ápice do trabalho sério feito pelo Salgueiro.

Mestre Marcão frisou a importância da continuidade e elogiou a equipe da escola, que foi vice-campeã em 2014. – Escola de samba é igual time de futebol. A melhor equipe vence. A Regina montou uma Seleção no Salgueiro.

Um dos autores do samba de 2014 do Salgueiro, o compositor Dudu Botelho também ressaltou a continuidade da administração e aproveitou para apontar que o desejo dos salgueirenses foi realizado. – Além da continuidade do projeto, uma outra coisa importante é que a vontade da maioria esmagadora foi atendida com a reeleição da Regina – disse Dudu Botelho, que não vai disputar samba nessa nova gestão por fazer parte do conselho da escola.

Carro de som

Leonardo Bessa e Serginho do Porto, que foram oficializados como a dupla de cantores do Salgueiro, também elogiaram o time formado pela administração de Regina Celi. – O Salgueiro é uma escola de samba respeitada e temida. São frutos da administração da Regina – disse Bessa. – Para coroar a administração, o Salgueiro precisa do título. Será a perfeição para o nosso time que é muito forte – comentou Serginho.

Dudu Azevedo, diretor de carnaval do Salgueiro, disse que após a vitória de Regina Celi, o momento é de focar nos preparativos para o Carnaval de 2015. – Eu tenho muito orgulho de fazer parte do time do Salgueiro. A partir de agora, nós tocamos ainda mais fortes o projeto de 2015.

Comente: